Publicidade

Estado de Minas

Você já ouviu falar na técnica do SMED?


postado em 03/01/2018 14:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A técnica do SMED (que em inglês quer dizer single minute exchange of dye) é uma das mais interessantes no contexto do Lean Manufacturing . Essa técnica permite que você possa preparar seus processos produtivos de uma maneira muito mais rápida, poupando custos e aumentando a produtividade.

Ela foi desenvolvida no Japão, por um engenheiro chamado Shingeo Shingo. Shingo trabalhava com prensas hidráulicas de alta carga, que demoravam mais de um dia para ficarem prontas para o uso. Usando a técnica do SMED , ele pode reduzir esse tempo de dias para poucos minutos. Isso consistiu em uma melhoria disruptiva na indústria, que passou a usar a técnica de maneira muito mais intensa.

Mas, afinal, o que Shingo fez para conseguir essas melhorias? Ele basicamente separou as atividades de preparação da máquina em dois grupos: o chamado setup interno e o setup externo. O setup interno são as atividades de preparação que devem ser feitos com a máquina parada. Trocar o molde de prensa, por exemplo, é um deles. O setup externo é tudo aquilo que pode ser feito com a máquina funcionando. Fazer ajustes no molde, por exemplo, é um caso de setup externo. O problema é que as empresas muitas vezes conduzem atividades que poderiam ser de setup externo como interno.

Essa técnica simples permitiu grandes vantagens para que a empresa de Shingo evoluísse. Junto com as outras boas práticas do Lean, como a padronização e o kaizen, o SMED é uma grande saída para as indústrias do Brasil.

Quer saber mais? Visite nossa página sobre Lean Manufacturing .

Website: http://www.fm2s.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade