Publicidade

Estado de Minas

Entenda por que o BPO deve estar nos planos da sua empresa em 2018


postado em 28/12/2017 12:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Fundamental para assegurar a eficiência operacional e a competitividade da sua organização, o BPO, Business Process Outsourcing, que em português significa terceirização dos processos de negócio, pode ser definido como a contratação de empresa especializada para realizar as tarefas que não são diretamente ligadas a companhia, mas que são essenciais para a condução do empreendimento.

No entanto, não podemos associar o BPO a um sistema de terceirização de empresa, mas sim ao fornecimento de uma solução que irá propor uma reforma atrelada a inovações e a adoção de uma tecnologia para o melhoramento do desempenho do seu negócio, reduzindo custos e aumentando consideravelmente a qualidade dos serviços contábeis, tributários, trabalhistas e financeiros, que passam a ser realizados por especialistas alocados nas instalações da própria empresa ou em centros de serviços compartilhados.

É crescente o número de empresas que buscam diversos segmentos do BPO para reduzir custo e principalmente aumentar a eficiência na apuração dos impostos a pagar e no cumprimento das obrigações acessórias. Mesmo sendo contratado por apenas 15% das empresas brasileiras, é uma área que movimenta bastante dinheiro no país. Para se ter uma ideia da expressividade do BPO, em 2010 já houve uma movimentação de mais de 10 bilhões de reais por parte deste setor.

Faz parte deste número as organizações que estão deixando de ter internamente as áreas contábil, tributária, fiscal e departamento pessoal, ou ainda as empresas que utilizam escritórios contábeis convencionais que não estão aparelhados com sistemas e recursos tecnológicos avançados capazes de eliminar quase todo o trabalho manual.

As empresas que implantam o BPO buscam relatórios com dados fidedignos, acompanhamento do uso dos sistemas, identificação de desvios e sugestões de melhorias, redução dos custos de matéria-prima, aprimoramento de desempenho, entre outras vantagens. Para o diretor de BPO da Procfit, Paulo Machado, a relação entre implantação e parametrização é peça-chave para o sucesso dessa tecnologia.

"Os profissionais que fazem a implantação do Outsourcing estão atrelados aos que fazem as parametrizações, com isso a virada do sistema e as apurações, mesmo de empresas do lucro real, são conduzidas com tranquilidade", afirma Machado.

Ainda de acordo com o diretor, o BPO reduz etapas redundantes e direciona o foco de cada rotina, sendo capaz de fornecer um serviço mais eficiente e barato do que com a contratação direta de profissionais. Além disso, com essa ferramenta, a companhia contrata apenas o número de profissionais necessário para suas atividades, tornando a equipe mais enxuta e econômica.

Website: http://www.procfit.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade