Publicidade

Estado de Minas

Cores e tecidos entre os diferenciais para renovar e receber

?As almofadas não são exclusividade de sofás, poltronas e camas e podem, sem medo, fazer parte de uma composição na sala de jantar?


postado em 27/12/2017 17:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Ano começando e com ele a vontade de repaginar a casa de forma sutil e ainda assim impactante, não é mesmo? Algumas dicas e apostas de profissionais são a nossa inspiração para quem quer, sem perder tempo, realizar com sucesso e elegância a primeira meta de 2018. Entre as tendências podemos citar algumas que são, segundo arquitetos e designers de interiores da cidade, apostas certas para conseguir uma cara nova para quartos, salas, cozinhas e até mesmo banheiros.

Para os quartos, a dica de Lídia Branquinho e Marcus Leite, do Stúdio Ambo, é investir em novas cortinas, cabeceiras e decorativos, entre vasos de plantas, quadros e até mesmo almofadas para a cama. As cores, destacam os profissionais, seguem em alta e causam um impacto visual que impressiona e encanta.

As mesmas almofadas podem compor salas, de jantar ou estar, e com suas estampas se destacarem em um cenário já existente, mas que pode ficar com cara de novo. "As almofadas não são exclusividade de sofás, poltronas e camas e podem, sem medo, fazer parte de uma composição na sala de jantar", ensinam os arquitetos especializados em arquitetura de luxo e com escritório em Águas Claras.

Os empresários Rauf Rappel e Luciano Coutinho, da Gallery Tapetes + Undergallery, apontam as possibilidades de cores e estampas, tanto de almofadas, como de tapeçaria, como formas acessíveis e práticas para a tão sonhada renovação, uma vez que não são necessárias grandes reformas para a conquista de um novo ambiente. Entre as tendências, as estampas geométricas, listras e o Kilim-Batik que com suas estampas sempre únicas e exclusivas, marcadas por com nuances vibrantes, proporcionam um efeito sem igual quando empregados.

Inspire-se com nossa seleção:

https://imgur.com/a/EmJvf

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade