Publicidade

Estado de Minas

Autodidatas, introvertidos e com nível médio: conheça o perfil dos profissionais de TI

?Todas as empresas com as quais trabalhamos exigem a formação acadêmica em Tecnologia da Informação, porém há muitos autodidatas no mercado?, diz Gisele Mendes.


postado em 27/12/2017 14:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Eles já são quase 1,5 milhão no Brasil e, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, há mais de 50 mil postos de trabalho esperando por um profissional de TI qualificado, mas, afinal, qual é o perfil de quem ocupa cargos de nível médio e avançado nesse mercado que parece não sofrer com as crises?

Um levantamento conduzido pela One Choice Consulting, consultoria de TI que se posiciona no mercado como a única a entregar um candidato testado e validado ao cliente, indica que, em geral, profissionais que dominam altas plataformas ou são consultores de Segurança da Informação têm, por exemplo, entre 20 e 40 anos de idade.

"Quem atua com Java, .NET, Ruby on Rails, Android e IOS em geral tem essa faixa etária. Há, ainda, coordenadores e gerentes de projetos, que, na média, têm de 25 a 40 anos", explica Gisele Mendes, coordenadora de RH da One Choice Consulting, enfatizando que muitos deles são autodidatas, ou seja, adquiriram grande parte do seu conhecimento sozinhos.

"Todas as empresas com as quais trabalhamos exigem a formação acadêmica em Tecnologia da Informação, porém há muitos autodidatas no mercado", complementa, dizendo que, em média, são exigidos três anos de experiência para vagas de nível médio, disponíveis em maior número neste segmento.

Esses profissionais geralmente são formados em Ciências da Computação, Ciências da Informação, Análise de Sistemas, Engenharia de Software ou Banco de Dados.

"Em geral, os profissionais de TI são centrados, moderados, racionais e observadores e o mercado está buscando pessoas mais colaborativas e que pensem no todo, não apenas em sua área", completa Gabriel Silva, CEO da One Choice.

Atualmente, o mercado de TI busca por profissionais bem preparados, com senso de inovação e que pensem "fora da caixa". Estes, obviamente, são os mais disputados pelas empresas, que têm grande dificuldade para preencher vagas com esse perfil.

"É claro que existem profissionais mais descontraídos e comunicativos, que são muito requisitados por startups para cargos de liderança", explica Gisele, que sublinha a constante necessidade de buscar inovação, novas tendências de mercado e atuar em grupo, colaborando com outras áreas.

Segundo a One Choice, as certificações mais valiosas e que dão grande contribuição ao currículo de quem trabalha com TI são Scrum Master, Itil, Cobit, BI, Big Data, Java, Soa, React, Angular, Node, Vue, AWS, Python, Android, IOS, Oracle e PMP/PMI/PMO.



Website: http://www.onechoice.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade