Publicidade

Estado de Minas

A relação entre o sono e nossa alimentação


postado em 22/12/2017 09:15

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Dormir bem é um desafio para muitas pessoas. De acordo com pesquisas, uma delas da Universidade de Michigan nos EUA, os brasileiros possuem como hábito cerca de sete horas e meia de sono por noite, o que está abaixo da média dos 20 países pesquisados.

Fatores como problemas financeiros, estresse, familiares, dificuldade de se desligar de aparelhos eletrônicos como o celular, são apontados como as principais razões para as noites mal dormidas. A qualidade do sono quando prejudicada, associada a maus hábitos alimentares em longo prazo podem contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) como obesidade, diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares.

Alguns alimentos possuem a capacidade de atrapalhar o sono e provocar insônia, como os ricos em cafeína, que agem diretamente no sistema nervoso central, atrapalhando o sono. Exemplo de alimentos ricos em cafeína são os chocolates, refrigerantes, chá preto, chá mate e guaraná. Alimentos muito gordurosos como bacon, linguiças, fast foods, frituras, podem também atrapalhar o sono, pois podem causar refluxo, azia e se consumidos próximo ao horário de dormir a sua digestão pode ser dificultada. Refeições muito volumosas também são indesejáveis.
Uma das alternativas para deixar a noite mais tranquila é uma alimentação mais equilibrada. A nutricionista Aline de Andrade comenta que os alimentos ricos em triptofano, como leite e derivados, ajudam na produção da serotonina, um neurotransmissor que favorece o relaxamento e induz naturalmente ao sono.

Confira outras dicas da nutricionista para dormir bem a noite:
- Crie uma rotina, procure dormir e acordar sempre no mesmo horário;
- Modere o uso de aparelhos eletrônicos perto do horário de dormir;
- Faça alguma atividade física;
- Técnicas de relaxamento e respiração também favorecem o sono;
- Ingira um copo de leite morno. O leite contém o aminoácido triptofano, que relaxa os músculos e induz o sono;
- Diminua a ingestão de alimentos gordurosos, além de não ingerir grande quantidade de alimentos;
- Evite ingerir alimentos condimentados como molhos gordurosos e temperos fortes.

Dormir bem além de aumentar a qualidade de vida é fundamental na manutenção de nossa saúde.


Website: http://www.alinedeandrade.com.br/nutricao-esportiva/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade