Publicidade

Estado de Minas

Mercado de rolamentos industriais - Previsões e alternativas para 2018

A reforma de rolamentos industriais surge em 2018 como uma aposta das grandes montadoras, metalúrgicas, sucro-alcooleiras, petrolíferas e papeleiras.


postado em 19/12/2017 17:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)

Em 2017, o tamanho do mercado de rolamentos globais atingiu US $ 68 bilhões, com a Ásia representando 45%, Europa 28% e América 25%. Em particular, o mercado de rolamentos asiáticos é concentrado principalmente no Japão, na Índia e na China.

Dos 25% do mercado mundial, as Américas, sobretudo os EUA, Canadá e México representam cerca de 80%. Na América do Sul, o Brasil é o principal mercado e representa mais de 50% da demanda regional.

Recentemente foram levantados os números e previsões para o cenário industrial de 2018. O mercado elevou previsão de crescimento da economia para 2018 e o governo ampliou a previsão de crescimento do PIB de 2018 para 3%. Mercado prevê crescimento de 2,64% em 2018.

Como um dos principais produtores de rolamentos do mundo, a China produziu 20,2 bilhões de conjuntos de rolamentos em 2017, aumentando 3,1% em relação ao ano anterior. A produção de rolamentos chineses deverá chegar a 21,5 bilhões de conjuntos em 2018.

As vendas através de distribuidores (distribuição industrial e mercado de automóveis independente) mantiveram cerca de 30% da demanda global, dos quais cerca de 25% estão relacionados ao mercado de veículos e cerca de 75% ao mercado industrial.

Atualmente, o automóvel é o maior mercado de aplicações para rolamento na China. A demanda por rolamento automotivo no país foi de 1,2 bilhão de conjuntos em 2017, e deverá crescer para 1,3 bilhões em 2018.



PREVISÃO PARA 2018 DO MERCADO DE ROLAMENTOS INDUSTRIAIS

Os mercados de equipamentos industriais originais representaram quase 40% da demanda mundial e incluíram fabricantes de máquinas e equipamentos industriais leves e pesados.

O alto valor de investimento para reposição de rolamentos industriais e o cenário pouco otimista da economia brasileira no segmento industrial apoiam iniciativas inovadoras, que visam alternativas de menor custo, mas de eficácia. Dessas, podemos destacar a atividade de reforma de rolamentos industriais.

O rolamento é um componente crítico para equipamentos mecânicos contemporâneos, encontra amplas aplicações no mercado de eletromecânica, maquinaria de construção, eletrodomésticos, metalurgia e máquinas de mineração, agrícolas, etc. Dado alto custo de produção de peças novas, dificuldade de reposição por serem peças especiais sob medida e a necessidade de encontrar mão de obra qualificada aliada à equipamentos de ponta, poucas são as empresas no mundo aptas a levarem a atividade de reforma de rolamentos industriais.



ALTERNATIVAS PARA ALTO CUSTO DE ROLAMENTOS NOVOS

A reforma de rolamentos industriais surge em 2018 como uma aposta das grandes montadoras, metalúrgicas, sucro-alcooleiras, petrolíferas e papeleiras para reduzir tempo e economizar dinheiro. Visto que se feita nacionalmente, a economia pode ser substancial chegando a 80% do valor de um rolamento novo.

Visto isso, uma empresa brasileira destaca-se nesse segmento e vem chamando a atenção de empresas estrangeiras e nacionais de grande porte (até 1.600mm de diâmetro). Contratada recentemente para atender reformas de rolamentos em fábricas como a NISSAN, INBEL, PETROBRÁS e SABESP, a AR ROLAMENTOS, de São Paulo conta com um maquinário de última geração e um laboratório metalográfico de ponta para atender esse exigente mercado.




Website: http://www.arrolamentos.com

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade