Publicidade

Estado de Minas

3 dicas para economizar no abastecimento da frota


postado em 19/12/2017 15:45

Muitas companhias investem na padronização e mapeamento de processos para programar ações corretivas. Vejo que os sistemas de gestão já são comumente usados nesse momento, uma vez que reduzem o retrabalho e minimizam a incidência de erros. Assim, é possível ter um panorama completo das tarefas e ainda diminuir os custos por meio de um controle mais assertivo.

Com mais de 33 anos de experiência no mercado tecnologia para empresas de transporte, posso dizer que o controle do abastecimento, que diz respeito ao consumo de combustível dos veículos, é uma das maiores preocupações dos gestores de frota, juntamente com a manutenção e os cuidados com os pneus.

Separei algumas dicas para gestores que desejam reduzir custo com o abastecimento de sua frota. Confira!

Reduza custos

Considero que um dos maiores desafios na diminuição de custos é não comprometer o desempenho na operação. Para isso, aconselho que a organização tenha cuidado na identificação do que precisa ser cortado. Ressalto que tecnologias de Big Data integradas ao software ERP da empresa são a saída para acompanhar indicadores e obter informações valiosas para a frota, como número de veículos, proporção de combustível consumido por quilômetro, o preço do litro, percentual da redução de consumo, entre outros.

Atente-se aos relatórios

Tenho ciência da quantidade de relatórios que executivos precisam analisar periodicamente, e que informações são cada vez mais valiosas para medir o desempenho da companhia. Por meio de gráficos com dados qualitativos e quantitativos consigo ter em mãos um panorama da minha frota, e com o auxílio de soluções digitais para automatizar atividades, é mais fácil verificar como reduzir custos. Ferramentas de gestão são grandes aliadas na consolidação de relatórios gerenciais, trazendo maior agilidade na rotina da equipe, além de ajudar a visualizar gastos e pontos de melhorias, com a tomada de ações imediatas.

Foco na operação

É preciso tomar decisões diariamente ao gerir a frota de uma companhia. Como primeiro passo sugiro verificar se vale a pena manter um veículo que roda poucos quilômetros por litro de combustível, ou se é mais lucrativo vendê-lo e comprar um novo. Nesse contexto, os sistemas de gestão devem entrar em cena para garantir que as escolhas sejam estratégicas. A partir de uma visão geral dos processos, é possível adequar, eliminar ou manter as etapas conforme necessário. Com um diagnóstico feito pode-se alcançar melhores resultados e identificar oportunidades de cortar gastos.

*Valmir Colodrão é diretor e sócio-fundador da BgmRodotec, empresa do segmento de software de gestão para empresas de transporte. www.bgmrodotec.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade