Publicidade

Estado de Minas

Universitários criam brinquedos que são doados para orfanatos e instituições de caridade


postado em 19/12/2017 12:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Alunos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Economia e Comércio Exterior, da Universidade Positivo, de Curitiba (PR), encararam, no último mês de aula, um desafio diferente: fabricar brinquedos. O objetivo principal, proposto pelo professor da disciplina de Contabilidade Básica e Análise de Custos, foi potencializar o aprendizado sobre gestão de custos realizando, na prática, o desenvolvimento de projetos e a elaboração de cálculos referentes à produção, como custos diretos, indiretos, fixos e variáveis. Como consequência final, o projeto garantiu a alegria de crianças em situação de vulnerabilidade social.

Depois da fase de planejamento, os 150 universitários construíram os protótipos dos brinquedos, que foram apresentados e submetidos à aprovação do professor Ronaldo Madeira, responsável pelas turmas. "A ideia é aliar aprendizado com a chance de realizar uma boa ação", explica Madeira. Ao final do projeto, uma parte dos brinquedos foi doada ao Lar Moisés, instituição de Curitiba que abriga 19 crianças de 2 a 12 anos. O coordenador institucional do Lar, Marcelo de Moraes, conta que alguns protótipos chamaram a atenção das crianças por serem criativos e diferentes do que estão acostumados a manusear. O restante dos brinquedos fabricados será levado pelo professor Madeira para ser entregue em um orfanato em Adis Abeba, na Etiópia.


Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 57 cursos de Graduação presenciais (35 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 22 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. A UP conta com sete unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 30 cidades espalhadas pelo Brasil. É considerada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), a melhor universidade privada do Paraná, pelo sexto ano consecutivo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade