Publicidade

Estado de Minas

6º Encontro do Projeto de Telerradiologia do Hospital Santa Cruz debateu novos casos médicos de alta complexidade


postado em 13/12/2017 17:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
O último encontro do ano do Projeto de Telerradiologia do Hospital Santa Cruz (HSC), promovido com o apoio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e da Fujifilm, que disponibiliza a tecnologia Synapse PACS para conexão em tempo real, apresentou casos clínicos de difícil interpretação, os quais foram debatidos pelos médicos do HSC, Hospital Universitário da USP e Hospital Amazônia (Belém do Pará).

Na ocasião, o HSC mostrou dois casos de tórax, em pacientes de 29 anos, sendo que o primeiro tinha desconforto abdominal aliado a mal-estar, fadiga, apineia, hipertensão, sendo diagnosticado com embolia pulmonar. Já o segundo, apresentava um quadro de difícil análise, com febre, derrame pleural, toxoplasmose, cirrose, esplenomegalia (aumento do baço), chegando a conclusão de uma infecção nas vias respiratórias, tal como uma tuberculose.

O Hospital Universitário da USP expôs um caso raro, em que uma criança de quatro anos apresentava uma linfonodomegalia nos brônquios e na traqueia causada por HPV (Papiloma Vírus Humano), contraído da mãe. As ocorrências apresentadas pelo Hospital da Amazônia também foram extremamente discutidas durante a conferência. Um dos pacientes, com 70 anos, apresentava muitas dores abdominais, gases, fezes na região, com diagnóstico de Volvo Sigmoide.

Para Dr. Julio Yamano, diretor técnico do Hospital Santa Cruz e coordenador do projeto, os médicos têm apresentado cada vez mais casos com temas diferenciados, que proporcionam um enriquecimento médico. O áudio e o vídeo também são fundamentais para obter a conferência com qualidade. "Só tenho a agradecer aos parceiros, que estão conosco desde a primeira edição. Os temas e as discussões têm evoluído muito a cada encontro. Os médicos também estão a cada dia buscando quadros diferenciados e de difícil reconhecimento para trocar informações. Desta vez, tivemos um caso em andamento, em que o paciente estava na UTI e a opinião dos médicos reunidos foi importante para a conclusão do diagnóstico. Estamos muito contentes com o resultado do projeto", afirma.

O próximo encontro acontecerá no dia 19 de janeiro de 2018. "Esperamos ter cada vez mais a presença de profissionais da saúde neste encontro tão enriquecedor, que promove a intercâmbio de experiências, proporcionando mais conhecimento à classe médica. Estamos à disposição de outras instituições que queiram participar desse projeto", complementa Dr. Yamano.


Website: http://www.hospitalsantacruz.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade