Publicidade

Estado de Minas

Paraná Banco lança plataforma online para investimento e passa a aliar conveniência, rating e rentabilidade


postado em 13/12/2017 12:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Ir ao banco para abrir uma conta e movimentar seus investimentos ficou para trás.

O cliente do Paraná Banco conta com uma plataforma 100% online para abertura de conta e gestão de seus investimentos, totalmente isenta de tarifa bancária.

Parte integrante do Grupo JMalucelli, o Paraná Banco está sediado em Curitiba e presente no mercado financeiro há quase quarenta anos. Por meio do site qualquer pessoa do país pode simular uma aplicação, avaliar seu rendimento e abrir uma conta, tudo sem burocracia, sem sair de casa e sem perder tempo. Basta acessar www.paranabanco.com.br/investimento, preencher os dados pessoais e enviar os documentos eletronicamente. Na sequência, você recebe o número da sua conta e senhas para começar a investir e deixar o dinheiro render.

A era do digital redinamizou o tempo de muita gente. Para facilitar ainda mais a vida de quem investe, o Paraná Bancou também desenvolveu um aplicativo, disponível para Android e IOS, que permite o acompanhamento dos investimentos, realização de aplicações, resgates, transferências, pagamentos, consulta de cotações de mercado e um contato direto com o gerente.

Outra vantagem de investir pelo app é que o rendimento dos produtos oferecidos é melhor que as taxas oferecidas pelos bancos de grande estrutura ou corretoras.

O Paraná Banco, sendo uma instituição tradicional de médio porte, segue buscando soluções para que seus clientes possam acompanhar seus investimentos de forma simples, rápida e segura.

Além dos produtos de investimento, o discreto e consolidado Paraná Banco atua no segmento do empréstimo consignado e no setor de seguros e resseguros. Além do pioneirismo na modalidade de Seguro Garantia, da qual é líder no Brasil há muitos anos, a seguradora ainda tem sociedade com a gigante americana Travelers, a 2ª maior seguradora americana.

As agências internacionais Standard&Poor;"s e FitchRatings atribuem ótimas notas técnicas ao Paraná Banco, sendo considerado uma boa opção entre seus pares de mercado. Vale destacar que estas notas levam em consideração a estrutura e a evolução patrimonial, o posicionamento no foco de atividades, inadimplência reduzida, estratégia de negócios, controles internos adequados e política de crédito com parâmetros definidos.
"A avaliação dos ratings reflete o nosso consistente perfil de atuação que apresenta um bom histórico de desempenho mesmo em período de turbulência macroeconômica", comenta André Malucelli, Diretor Comercial do Paraná Banco, que ainda acrescenta: "nossa instituição manteve sua base de receitas relativamente diversificada, sustentada pelas subsidiárias de seguros e resseguros e pela capacidade de apresentar rentabilidade consistentemente superior a seus pares".

Outro indicador importante que demonstra a solvabilidade do Paraná Banco é o seu elevado índice de Basiléia, que sinaliza a sua baixa alavancagem sem deixar de apresentar uma ótima rentabilidade sobre o patrimônio líquido.

No terceiro trimestre o Paraná Banco teve aumento do lucro líquido de R$ 74,9 milhões, um expressivo crescimento de 269,7% sobre um ano antes e de 70,0% em relação ao período anterior. Na comparação acumulada dos nove meses de 2017 com o mesmo período de 2016, o lucro líquido foi de R$ 152,3 milhões, representando um aumento de 80,8%. O resultado pode ser atribuído à melhora na eficiência, à redução das despesas de juros em função da queda na taxa Selic e à distribuição de JPC.

Na demonstração dos indicadores de rentabilidade do Paraná Banco, o retorno sobre o patrimônio líquido (ROAE) foi de 25,8%, um aumento de 20 pontos percentuais em comparação ao 3º trimestre de 2016.

Em outra frente, as receitas de intermediação financeira finalizaram o trimestre em R$269,0 milhões, uma retração de 2,6% em relação ao período anterior e de 9,9% comparado ao mesmo período do ano passado, que pode ser explicado pela carteira de crédito, que se manteve praticamente estável em R$ 3,7 bilhões, na qual o crédito consignado para o setor público representou 90%.

Por outro lado, as despesas da intermediação financeira caíram 4,1% no 3T17 comparadas ao 2T17, atingindo R$137,0 milhões. Em relação ao mesmo período do ano passado houve uma diminuição de 34,5% e na comparação acumulada dos nove meses, as despesas retraíram 25,5%. Destaca-se nesse período a queda da Selic que contribuiu para a melhora das despesas de captação do Paraná Banco.

Por fim, o resultado da intermediação financeira (ex-PDD ? Provisões para Devedores Duvidosos) finalizou o período em R$ 167,1 milhões, representando um aumento de 22,6% no 3T17 em relação ao 3T16.



Informações à imprensa: Agência V2 Comunicação
Pauliane Gonçalves ? Assessora de comunicação e imprensa.
Tel. 5081-7128
Cel. 9 8951 2417




Website: https://www.paranabanco.com.br/investimento

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade