Publicidade

Estado de Minas

Esteiras industriais é opção mais segura para transporte de materiais


postado em 12/12/2017 18:15

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Com as empresas inovando a cada dia, há sempre novos produtos no mercado. Isso requer um trabalho mais intenso nas fábricas para que os produtos cheguem antes da concorrência. Assim, essa alta demanda exige que os trabalhadores fiquem mais tempo nas fábricas, para uma produção maior de produtos. No entanto, o trabalho pode ser mais cansativo e não ter os resultados esperados. A causa disso na maioria das vezes é a dificuldade de transporte de materiais pesados de um lado para outro.

Para resolver esse problema, algumas empresas optam por investir em empilhadeiras ou mesmo carrinhos para levar os objetos de um lado para outro. No entanto, essas opções podem estar sujeitas a acidentes, em alguns casos muito graves. Anualmente, cerca 20.000 pessoas se ferem gravemente e 100 perdem a vida usando empilhadeiras; 20% devido à tombamentos com empilhadeira, 9% com queda do operador e 16% são pela empilhadeira prensar um colaborador ou operador. Assim, percebe-se que apesar dessas máquinas serem práticas, não são tão seguras.

As esteiras industriais têm substituído o uso das empilhadeiras nas empresas, o que contribuiu para a queda no número de acidentes de trabalho. Além da facilidade para locomoção de produtos, os diversos modelos de esteiras que se podem ser ajustados ao local e necessidade da indústria. As empresas dos mais diversos setores recorrem a esse recurso para ter um trabalho com maior rendimento, já que as esteiras são mais ágeis e suportam maiores cargas; e com segurança, pois evita que os colaboradores transportem esses itens pesados e se machuquem; além da qualidade na fabricação do produto final.

É interessante lembrar que as esteiras não possuem formato fixo e são totalmente personalizáveis. Graças a essa flexibilidade, as curvas e obstáculos da unidade fabril não atrapalham na instalação e funcionamento do equipamento, permitindo o transporte de peças da fábrica para qualquer outro ponto sem grandes dificuldades, como no caso de carregamento dos caminhões que irão transportar os produtos até seu destino final. Com estruturas que podem ser de PVC, conter modulares de termoplásticos, transportes de corrente, malha metálica e aço inox, as esteiras se adaptam a diversas situações.

Segundo a Everest , empresa fornecedora de esteiras transportadoras , o investimento feito com as esteiras vale a pena, pois são mais acessíveis do que empilhadeiras e outros materiais para locomoção, além de serem mais seguras durante a operação. "Além de que o uso de esteiras industriais pode aumentar a produção dos produtos e fazer com que cheguem o quanto antes nas lojas e distribuidoras", explica.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade