Publicidade

Estado de Minas

Os 5 leilões mais inusitados segundo a Zukerman Leilões


postado em 04/12/2017 15:15

O leilão é uma modalidade de negociação que envolve órgãos públicos, empresas privadas e pessoas físicas, na qual a venda e a compra solicitadas de acordo com a oferta e procura de bens ou serviços se encontram de maneira simples e rápida. Por isso, é atrativa para compradores, vendedores e investidores. Com a crescente das facilidades tecnológicas, os leilões, antes considerados alternativos, têm se mostrado excelentes negócios, atraindo compradores dos mais variados perfis.

Devido ao baixo custo de aquisição e a grande quantia de oportunidades, os consumidores têm recorrido aos sites especializados em leilões para as mais diversas opções de aquisições: imóveis, veículos, aviões, helicópteros, etc. A Zukerman Leilões, empresa referência em leilões imobiliários, separou os 5 leilões mais inusitados já realizados com seu intermédio. Confira!

Carteira de Cartão de Crédito ? Banco Cruzeiro do Sul

O primeiro dos mais inusitados é a carteira de cartão de crédito consignado do Banco Cruzeiro do Sul S/A, que foi leiloada em liquidação Extrajudicial, originada por 237 convênios, dentre órgãos públicos e empresas do setor privado. O lance inicial era de R$ 350 milhões e o lote foi arrematado por R$ 351 milhões em menos de 1 minuto após o início.

Prédio do Jockey Clube de São Paulo

O segundo dentre os mais inusitados foi o Prédio do Jockey Clube de São Paulo. O imóvel foi leiloado de maneira Extrajudicial e estava dividido em lotes. Porém, o pregão tomou um rumo inesperado quando apenas uma pessoa arrematou o prédio inteiro por R$ 90 milhões.

Ilha do Almada

Em 2015 a Zukerman leiloou uma ilha inteira por R$ 25 milhões. O terreno contava com uma casa de alto padrão com nove suítes, piscina com área gourmet, três casas para funcionários, fonte de água potável, gerador de energia, heliponto e píer para embarcações, totalizando 757m² de área construída. O local, também conhecido como Ilha dos Porcos Pequena, não foi vendido.

Vestido de Noiva

A peça, em tecido Organza de seda forrada, com cetim italiano, assinada pelo estilista Ronaldo Esper foi a leilão pela Zukerman Leilões, em agosto de 2017, pelo valor de R$ 25.759,63.

Memórias de Yokohama

O leilão, que aconteceu em 2013, foi promovido pelo jogador de futebol Paulo André, que na época atuava no Corinthians. O atleta leiloou vinte itens entre quadros, luvas do goleiro do time e a prancheta utilizada pelo técnico no Mundial de Clubes. O valor total dos objetos arrematados, que chegou a R$ 829 mil, foi doado para diferentes instituições financeiras.

*André Zukerman é diretor da Zukerman Leilões, empresa referência em leilões imobiliários. https://www.zukerman.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade