Publicidade

Estado de Minas

Público convidado para formar a agenda de pesquisa de US$ 1 bilhão da Foundation for a Smoke-Free World


postado em 28/11/2017 17:15

A Foundation for a Smoke-Free World está lançando dois processos on-line para informar e orientar as iniciativas de pesquisa de longo prazo da Fundação. O primeiro é um período de comentários públicos para solicitar informações sobre prioridades de pesquisa. O segundo é um pedido de cartas de intenção para subsídios de escopo antecipado que ajudarão a avaliar áreas de pesquisa com o maior potencial para acelerar o término do tabagismo. Pesquisadores, formuladores de políticas, fumantes e outros, com experiência ou expertise relevante, estão convidados a contribuir.

?Encorajamos a todos, que tenham interesse em reduzir o número de mortes e de doenças decorrentes do tabagismo, a compartilhar opiniões informadas e sugestões criativas sobre onde devemos concentrar nossos esforços de pesquisa?, disse Dr. Derek Yach, presidente da Foundation for a Smoke Free World. ?Especificamente, estamos à procura de novas ideias, pensamentos e colaborações inovadoras ? expandir além da comunidade de controle do tabagismo tradicional ? que oferecerão progresso dramático e rápido para um mundo livre do fumo.?

Subsídios de escopo

Desde a formação da Fundação, sua liderança tem ouvido e atraído a participação de especialistas em saúde pública do mundo inteiro em diversos fóruns, incluindo conferências, reuniões individuais e um simpósio de pesquisa organizado pela Fundação. Através destas discussões e experiências, se tornou evidente que algumas áreas potenciais de pesquisa exploratória precisarão de um escopo e desenvolvimento mais detalhados, antes que a Fundação emita pedidos em larga escala de propostas de pesquisa em 2018.

Para se preparar para o lançamento de um conjunto agressivo de programas de pesquisa em 2018, a Fundação está aceitando agora cartas de intenções para subsídios de escopo antecipado para a coleta de mais informações sobre possíveis tópicos de pesquisa relacionados à cessação do tabagismo, redução de danos e meios de subsistência alternativos para os produtores de tabaco. Estes subsídios estão detalhados no site da Fundação, www.smokefreeworld.org. As cartas de intenções serão apresentadas na segunda-feira, 11 de dezembro, e são o primeiro passo de um processo de inscrição que culminará com a concessão de subsídios de escopo antecipado em janeiro.

Chamada para a participação do público

Paralelamente, a Fundação está pedindo a participação do público em quatro questões para ajudar a determinar suas maiores prioridades de pesquisa. As perguntas são idealizadas para identificar áreas de necessidades insatisfeitas e impacto potencialmente significativo na cessação do tabagismo, redução de danos e meios de subsistência alternativos para os produtores de tabaco. O público pode responder às perguntas através do site da Fundação até 18 de dezembro. As perguntas informarão uma versão preliminar da agenda de pesquisa da Fundação, que estará on-line para revisão pública no início de 2018.

Sobre a Foundation for a Smoke-Free World

A Foundation for a Smoke-Free World é uma organização sem fins lucrativos independente, dedicada em acelerar os esforços globais para a redução de mortes e efeitos nocivos causados pelo fumo, com o objetivo final de acabar com o tabagismo no mundo todo. A fundação também apoia populações que sofrem desproporcionalmente com problemas causados por uma rápida transição para eliminação do tabagismo, com foco inicial no auxílio aos produtores de tabaco nos países em desenvolvimento. Para mais informações sobre a fundação, acesse www.smokefreeworld.org.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

pela Foundation for a Smoke-Free World
Ola Beilock: +1-925-360-8844
ola.beilock@ogilvy.com


Fonte: BUSINESS WIRE

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade