Publicidade

Estado de Minas

Centro Empresarial Bento Gonçalves inaugura celebrando a união

O complexo tem 5,2 mil metros quadrados de área construída, contando com quatro pavimentos que abrigarão área administrativa, salas e auditório para 700 pessoas


postado em 24/11/2017 15:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A noite de 23 de novembro de 2017 está consolidada na história de Bento Gonçalves não só pela inauguração do Centro Empresarial, oficialmente apresentado à comunidade, e que reúne a sede de algumas das mais representativas entidades do município ? mas, principalmente, pelo ideal de união e integração que concretiza. A abertura de suas portas assinala a chegada de um novo momento de associativismo em busca da consolidação de objetivos comuns ? como o progresso e o desenvolvimento socioeconômico da região, contemplando todos os setores produtivos, geradores de riqueza, renda e empregos.

Projeto do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), em parceria com o Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (SINDMÓVEIS) e a Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (MOVERGS), o prédio abrigará a sede de cada uma das três entidades, instituidoras da obra. Além dessas, o edifício acolherá, também ASCON, SEGH, SIMPLAV e SINDIBENTO, que já confirmaram a aquisição de salas no imóvel. O complexo, localizado na Rua Avelino Luiz Zat, 95, bairro Fenavinho, tem 5,2 mil metros quadrados de área construída, contando com quatro pavimentos que abrigarão área administrativa, salas e auditório para 700 pessoas, além de elevadores e garagem coberta. O investimento alocado no edifício, incluindo a aquisição do terreno onde está instalado, ultrapassa os R$ 17 milhões. A construção foi iniciada em dezembro de 2015 e oficialmente entregue no dia 31 de outubro deste ano.

Sua concretização é um momento emblemático porque mostra como o modelo do associativismo é vencedor, na opinião do presidente do CIC-BG, Laudir Miguel Piccoli. "Essa obra sintetiza a capacidade de união das lideranças locais em busca da realização de objetivos comuns. Ao cruzarem a porta de entrada nesse prédio, dia após dia, ano após ano, todos poderão perceber o quanto Bento Gonçalves tem a oferecer, como sua classe empresarial é repleta de exemplos de sucesso, que procuram estar sempre à frente, fazendo cada vez mais pela coletividade. Por isso, esse prédio é, acima de tudo, uma inspiração, mostrando que juntos podemos alcançar quaisquer objetivos, que temos a força empreendedora para vencer quaisquer obstáculos e, também, que Bento Gonçalves é uma cidade talhada para o sucesso", disse Piccoli.

Também o presidente do Sindmóveis de Bento Gonçalves, Edson Pelicioli, reforça a importância do associativismo para um avanço sustentável da economia local. Segundo ele, não se trata de um discurso de intenções, mas de um valor atrelado à trajetória do Sindmóveis, que sempre buscou a convergência de esforços em seus projetos de apoio ao setor moveleiro. "É nos dias difíceis que percebemos o valor de uma representação empresarial coesa e fortalecida. Não são tempos de concorrer, mas tempos de colaborar. O mercado está sinalizando para a coletividade. As pessoas querem ver boas iniciativas e bons exemplos de trabalho íntegro", conclamou em seu discurso.

Representando a união de ideais, convicções e trabalho acima de quaisquer aspirações particulares, o Centro Empresarial sintetiza o legado empreendedor, político e histórico que Bento Gonçalves recebeu e deixa para as novas gerações, de acordo com o presidente da Movergs, Volnei Benini. "Estamos entregando para nossa cidade um complexo com modernas instalações e tecnologia de última geração, resultado da união de esforços das entidades que representam o empreendedorismo da região", disse.

Lideranças reconhecem grandiosidade da conquista
Por esse grau de representatividade, a obra ? tão sonhada e aguardada pelo setor empresarial ? é um marco histórico, não só no desenvolvimento da cidade, mas de toda região, de acordo com o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin. "O Centro Empresarial é um projeto que representa os interesses de diversas entidades, otimiza recursos e cria um ambiente para o crescimento sustentável e coletivo dos setores produtivos locais.

Teremos num único espaço entidades que projetam o Município nacional e internacionalmente como CIC-BG, a Movergs e o Sindmóveis. Juntas, elas são responsáveis por três grandiosas feiras: ExpoBento, Movelsul Brasil e FIMMA Brasil. Além disso, o local agrega entidades de extrema relevância para outros setores, que são o Sindibento, o SEGH, o Simplavi e a Ascon Vinhedos. Sem dúvidas o Centro Empresarial contribuirá de forma muito expressiva para fortalecer ainda mais esta união e estimular o trabalho cooperativado entre as instituições representativas da região", avaliou.

A exaltação da união como princípio norteador para o avanço coletivo é um dos marcos simbólicos mais relevantes desse momento, conforme o presidente da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves, Moisés Scussel Neto. "O Centro Empresarial significa a concretização de um sonho que há décadas mobiliza as lideranças empresariais de Bento Gonçalves. É o símbolo da força do cooperativismo e da união em busca da realização de objetivos comuns, e está comprovado que com empenho e dedicação de lideranças locais, conquistaram resultados positivos, como é a nova sede das entidades", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade