Publicidade

Estado de Minas

Profissionais de tecnologia aproveitam descontos da BlackFriday para investir na carreira

A grande vantagem de investir em conhecimento é que o resultado vale para sempre e a gente consegue sentir na hora de procurar um trabalho


postado em 23/11/2017 09:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Desde 2010 o Brasil faz parte do cenário da Black Friday, data onde a grande maioria das lojas e serviços no mundo oferecem descontos em seus produtos e atraem cada vez mais a atenção dos consumidores em busca de oportunidades para economizar.

Segundo levantamento realizado pela Ebit após a BlackFriday do ano passado, o varejo online vendeu R$ 1.9 bilhão, destacando-se segmentos como telefonia, eletrônicos e informática, que chamam a atenção da população em geral e principalmente dos profissionais que trabalham com tecnologia.

Mas além dos famosos gadgets, uma nova tendência tem feito parte da Black Friday desses profissionais: investir em conhecimento. Esses profissionais que trabalham com programação, design, marketing digital ou até mesmo sonham em criar sua própria empresa ou startup, possuem uma justificativa para essa tendência: o retorno que esse investimento dá.

"A grande vantagem de investir em conhecimento é que o resultado vale para sempre e a gente consegue sentir na hora de procurar um trabalho" afirma Renan Salles, aluno da Alura, escola online de tecnologia que também está oferecendo descontos na Black Friday.

As escolas de tecnologia também sentem essa demanda no crescimento de matrículas nesse período. Segundo Paulo Silveira, CEO da Alura e do Grupo Caelum, o número de matrículas quintuplica durante esse período. "Sentimos uma demanda enorme do mercado pela qualificação e esse é um movimento interessante, pois mostra que as pessoas hoje preferem investir em suas carreiras com algo que não é perecível, o conhecimento.", diz Paulo.

Segundo a pesquisa "Thank God It"s Black Friday 2017" divulgada pela Google e que entrevistou 800 brasileiros entre 18 e 54 anos entre as classes A e C, 68% das pessoas querem comprar algo na Black Friday, sendo que dispositivos móveis fazem parte do plano de compras de 39% dos entrevistados.

A proximidade do final do ano também faz com que a data seja propícia para os planos para o ano seguinte. O profissional pode estabelecer um objetivo de carreira para o próximo período, como por exemplo conseguir uma promoção, um novo emprego ou até mesmo mudar de carreira e durante a Black Friday fazer o investimento que trará os resultados no futuro.

Yuri Bett, profissional de tecnologia de Blumenau, Santa Catarina, fez esse movimento de carreira e depois de trabalhar durante muitos anos para empresas no Brasil, colocou como meta conseguir trabalhar em uma empresa de fora do país, recebendo em moeda estrangeira. Investiu na capacitação e depois de alguns meses conseguiu uma vaga de emprego como desenvolvedor de software em uma empresa norte americana como home office. "Comecei a estudar muito à noite e no meu horário de almoço da empresa. Chegava mais cedo na empresa para poder estudar no almoço." conta Yuri.

Aliando os descontos tradicionais da Black Friday com um objetivo bem definido, profissionais de tecnologia do Brasil tem cada vez mais investido em seus futuros e conseguido resultados que no longo prazo justificam o investimento feito na carreira.

Website: http://www.alura.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade