Publicidade

Estado de Minas

Da Ásia ao Brasil: conheça a logística da Pearl, a melhor bateria do mundo

?Ficou clara a disposição da Pacer em nos ouvir e buscar soluções adaptadas ao nosso produto?, Andre Jung, baterista e representante da Pearl.


postado em 03/10/2017 14:15

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Fundada em 1946, no Japão, a Pearl é hoje o maior fabricante de percussão do mundo e também considerada a melhor marca de bateria pelos músicos. No Brasil, a operação da empresa é gerenciada pela PBR, dirigida por quatro sócios que entendem muito do assunto: Andre Jung, ex-baterista do Ira! e dos Titãs; Athos Costa, ex-baterista da banda Zero; Ricardo D'Apice, fundador do polo de instrumentos musicais da rua Teodoro Sampaio (em São Paulo) e Mario Julio Vicente, guitarrista da banda Tomcats.

Por lidar com produtos musicais sensíveis e de alto valor agregado, a operação logística da Pearl requer cuidados especiais. Esse trabalho fica a cargo da Pacer Logística. A armazenagem dos instrumentos e componentes é feita do Centro de Distribuição da Anhanguera, em Osasco (SP). E para garantir mais eficiência ao negócio, a PBR também transferiu sua sede brasileira para o mesmo local.

A operação logística da Pearl no Brasil começa com o recebimento e conferência dos produtos importados da Ásia, via porto de Santos, e passa pela armazenagem, picking (separação de itens), embalagem, expedição e transporte aos clientes.

"É uma operação com características bem singulares, pois atendemos desde a entrega de um parafuso de tambor de bateria até a inauguração de uma loja, que demanda mais de 60 itens", explica Kau Andrade, gestor da Pacer responsável pela logística da Pearl.

Com um planejamento detalhado e controle diário de todos os processos, a operação atinge um alto nível de eficiência: 100% dos pedidos atendidos no prazo e sem nenhuma avaria.

Andre Jung relata o que fez a diferença na escolha do operador logístico. "Em diversos contatos preliminares, ficou clara a disposição da Pacer em nos ouvir e buscar soluções adaptadas ao nosso produto", afirma.

Ele ressalta outra particularidade da operação. "Como são instrumentos musicais, em madeira na maioria das vezes, é preciso ter cuidado com a temperatura e umidade na armazenagem", aponta.

Para Jung, a operação logística da Pacer cumpre exatamente o que a Pearl buscava. "É eficiente e segura", avalia.

A linha de produtos Pearl contempla todos os segmentos do setor: percussão popular; percussão erudita; percussão marcial; baterias, ferragens e acessórios.

Outlet Pearl

A Pearl do Brasil vai realizar uma ação conjunta com a Pacer Logística durante a Expomusic 2017, que acontece de 6 a 8 de outubro, no Anhembi, em São Paulo. É o 1º Outlet Pearl, onde os produtos da marca serão vendidos com descontos superiores a 50% em alguns itens.

A ação vai acontecer dentro do CD da Pacer na Anhanguera, que vai receber lojistas e músicos convidados pela Pearl Brasil. "O objetivo é diminuir nosso estoque e apresentar ao trade nossa parceria com a Pacer", diz Andre Jung.

O evento vai disponibilizar mais de 800 itens de diversas linhas de produtos da marca, mas o foco principal são as baterias (das séries Roadshow; Export; Midtown; Decade), caixas avulsas e ferragens.

"É uma ação que comprova a capacidade da nossa parceira (Pacer) em buscar e encontrar soluções de alta sinergia", completa Jung.

Sobre a Pacer Logística

Fundada em 2003, a Pacer oferece soluções logísticas em transporte rodoviário, aéreo, armazenagem de cargas, logística reversa, carga fracionada, carga lotação e logística promocional.

Com atuação nacional, conta com 20 unidades em diversos estados e mais de 300 funcionários. Entre seus principais clientes estão Nokia, Huawei, Oi e Tok&Stok.;


Website: http://www.pacer.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade