Publicidade

Estado de Minas

Veja como foi o desempenho da indústria brasileira de janeiro até maio


postado em 05/09/2017 14:45

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realiza pesquisas periódicas que revelam o desempenho do setor industrial brasileiro. A coleta de dados é realizada todo o mês e tem a capacidade de revelar detalhes importantes tanto para empresários quanto para a população em geral.
Confira abaixo os principais resultados dessa pesquisa durante os primeiros meses deste ano:

Janeiro
De modo geral, a indústria do Brasil apresentou um recuo na produção. Contudo, o estudo também apontou que a diminuição, de apenas 0,1%, não apresentou grandes riscos para o avanço de 2,9% registrado nos meses de novembro e dezembro.
Por outro lado, é importante ressaltar que ? nos últimos anos ? a indústria registrou grandes perdas nos últimos anos, estando mais de 19% abaixo do nível recorde que foi apresentado em junho de 2013.

Fevereiro
Já no segundo mês do ano, o setor industrial voltou a demonstrar uma taxa positiva. Contudo, o crescimento foi de apenas 0,1% comparado a janeiro. De acordo com o IBGE, três das quatro grandes categorias econômicas apontaram avanço na produção.
Nesse contexto, de maneira geral, o índice acumulado do primeiro bimestre do ano, observa-se acréscimo de 0,3%, com destaque para os avanços vindos dos setores produtores de bens de consumo duráveis e de bens de capital.

Março
Em março, o ritmo produtivo da indústria brasileira diminuiu, apresentando uma queda de 1,8% na produção quando comparado ao mês de fevereiro, sendo um recuo mais intenso desde agosto de 2016.
Quatro das grandes categorias econômicas e 15 das 24 atividades apontaram redução na produção. Ainda é importante ressaltar que, com o resultado desse mês, o total da indústria encontra-se 20,8% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013.

Abril
Enquanto em março os resultados não foram positivos, no mês de abril o setor industrial voltou a mostrar expansão, dessa vez de 0,6%. Segundo o IBGE, três das quatro grandes categorias econômicas apontaram um avanço na produção.
Nesse contexto, é essencial ressaltar que, no resultado desse mês, é possível identificar a clara influência do efeito-calendário, já que abril de 2017 teve dois dias úteis a menos que o mesmo mês do ano anterior.

Maio
Já em maio, o IBGE apontou um quarto de maior ritmo na produção industrial. O avanço, comparado ao mês anterior, foi de 0,8% na produção. As quatro grandes categorias econômicas e 17 das 24 principais atividades econômicas apresentaram expansão na produção.

Na observação com o mesmo período do ano anterior, a produção industrial volta a crescer em maio de 2017 (4,0%), após recuar 4,3% em abril de 2016. Vale ressaltar que, no resultado desse mês, verifica-se a influência do efeito-calendário, já que maio de 2017 teve um dia útil a mais comparado ao ano anterior.

Nesse contexto, empresários do setor industrial devem estar atentos em aspectos que podem influenciar em suas produções. Os investimentos realizados com equipamentos e mão de obra, por exemplo, devem ser baseados em excelentes pesquisas de mercado.

A TOP Componentes é uma companhia que oferece os mais diversos equipamentos utilizados no ramo, como o
acoplamento magnético, o atuador elétrico e também buchas e esteiras transportadoras.

No geral, o acoplamento magnético é muito útil quando se deseja transmitir força e ao mesmo tempo evitar o atrito entre peças, que podem se desgastar e levar a quebras.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade