Publicidade

Estado de Minas

Efeito Rebote: o que é e como combater o problema na pele oleosa


postado em 04/09/2017 10:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Pessoas com a pele oleosa certamente já ouviram em algum momento o termo "efeito rebote", também conhecido como seborreia reativa. Este é um conceito muito comum e difundido, mas muita gente se pergunta se ele é um mito ou de fato uma realidade.

Então veja nesse artigo a resposta para esta dúvida e descubra por que tantas pessoas com pele oleosa acreditam sofrer desse mal.  

Como o efeito rebote funciona

Existem muitos sistemas em seu corpo que operam em um modelo chamado mecanismo de feedback. Por exemplo, quando seu corpo percebe através de seus receptores que a sua temperatura está muito alta, emite suor até que o corpo retome ao seu estado normal (a homeostase). Outro exemplo, é quando os níveis de açúcar no sangue estão altos: os receptores no pâncreas detectam isso e liberam insulina, para equilibrar a glicose no organismo.

O mesmo pode acontecer na pele e nos cabelos com relação à oleosidade produzida por nosso organismo. Essa oleosidade é uma espécie de proteção da pele, como um hidratante de fabricação própria do seu corpo. Seu objetivo aqui é evitar a perda de hidratação, tanto da pele quanto dos fios, protegendo sua pele e o seu couro cabeludo contra agressões externas.

O efeito rebote começa quando estas glândulas sebáceas produzem sebo de forma excessiva, fazendo com que a pele e o couro cabeludo apresentem um nível de oleosidade acima do necessário. Este excesso de sebo pode ter como causa uma série de fatores, tanto internos quanto externos: genética, hormônios, condições climáticas, influências do ambiente em que a pessoa vive, entre outros. No geral, as pessoas de pele oleosa controlam essa questão usando produtos específicos para o controle de oleosidade.

O problema é que a maioria das pessoas pensam que a melhor solução nestes casos é utilizar um produto bem forte, para eliminar o máximo possível de toda essa oleosidade. Ou pior: fazem a etapa de limpeza da pele, mas pulam a parte da hidratação. E o resultado é desastroso: mais oleosidade, surgimento de acne e espinhas e brilho excessivo poucas horas após lavar o rosto. E quem é o responsável? O efeito rebote!  

Peles secas também sofrem com o efeito rebote

Engana-se quem pensa que esse é um problema específico das peles oleosas: segundo os dermatologistas, o efeito rebote atinge todos os tipos de pele. Isso acontece porque o uso de produtos que retiram excessivamente a camada de oleosidade da pele, prejudicam a hidratação natural. Então seja qual for o seu tipo de pele ? seca, normal, mista ou oleosa ? hábitos como este podem afetar seus cuidados com a pele. Então descubra os melhores hábitos para garantir uma pele saudável e livre da oleosidade excessiva no tópico a seguir.  

Bons hábitos ajudam a conquistar uma pele saudável

Um dos fatores que desencadeiam o efeito rebote na pele oleosa é a falta da hidratação adequada. Mesmo a pele oleosa precisa ser hidratada, você só precisa encontrar o produto certo. Hidratantes em gel, sérum ou loção são os mais indicados, por possuírem uma formulação mais leve.

O mercado hoje já oferece cremes hidratantes específicos para a pele oleosa, chamados seboreguladores. Eles atuam no controle da oleosidade, mas sem irritar ou ressecar excessivamente a pele. A proteção solar também é fundamental. Mas para aquela aparência de brilho em excesso, procure por produtos com textura matificante. Abuse dos lencinhos antibrilho durante o dia, para manter o brilho sob controle sem estragar sua maquiagem.

Lembre-se: o ritual de limpeza da pele é de extrema importante. Escolha produtos à base de ingredientes naturais, como a Turmalina Negra, que limpam sua pele sem ressecar ou sensibilizar. Faça uma limpeza de pele profunda periodicamente,seja com um profissional especializado ou se você preferir, até mesmo no conforto da sua casa. A JIKI Cosméticos tem um kit especial para limpeza de pele, que elimina as impurezas, livrando os poros e o excesso de células mortas.

Sobre a JIKI Cosméticos

Toda a linha de produtos JIKI oferece matéria-prima cuidadosamente selecionada e a melhor tecnologia cosmética disponível, sempre fundamentada por pesquisas desenvolvidas pelos maiores especialistas da área no Japão. Além disso, todos os produtos possuem registro na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e no MS (Ministério da Saúde), comprovando sua eficácia no dia a dia.

Website: https://www.jiki.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade