Publicidade

Estado de Minas

Sem crise, mercado pet brasileiro cresce a cada ano

Estratégias de Gestão e Marketing já ajudaram mais de dois mil empresários a saírem da total apatia financeira para o crescimento em faturamento de até 500%.


postado em 01/09/2017 15:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Definitivamente não há crise no mercado pet brasileiro. E os números estão aí para comprovar: somente em 2016 o faturamento no setor girou em torno de R$ 18,9 bilhões, e a perspectiva é que até o final do ano esse número aumente para mais de R$ 19 bilhões, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

Por isso é extremamente comum percebermos que os lares brasileiros estão cada vez mais repletos de pets. No nosso País, 61% dos brasileiros possuem pelo menos um animal de estimação, e 89% desses tutores consideram o seu animal de estimação um amigo e, efetivamente, um membro de sua família.

Prova disso é que, atualmente, são mais de 130 milhões de animais domésticos convivendo harmoniosamente entre as mais de 65 milhões de residências no Brasil. Justamente por isso, o Brasil tem a segunda maior população de pets do mundo, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dissonância ? Apesar do novo comportamento nos lares brasileiros quanto a tratar o pet como um membro da família, por que ainda há tantos empreendedores e empresários do segmento reclamando que as contas não fecham?

Bem. Para o professor Dr. Marco Antonio Gioso, veterinário, coach e livre docente da USP, o grande vilão é a falta de planejamento, de visão empresarial e empreendedora sobre o negócio pet.

"O problema é que muitos não sabem como administrar, como gerir o seu negócio. Perdem-se porque não sabem ser gestores, não têm liderança e muito menos não conseguem ser donos da sua própria empresa. Eles ainda não aprenderam que não devem "ser" sua empresa, mas sim "ter" sua empresa", explica.

Gioso já está há mais de 15 anos ministrando cursos, treinamentos e dando consultorias voltadas à gestão e marketing e percebeu que esse gap entre a teoria e a prática estava levando muitos empresários do setor a fechar as suas portas.

E para ajudar quem já estava à beira da falência, mas não conseguia participar presencialmente de um de seus cursos, foi criado pela Clínica Empreendedora o Gestão e Marketing Online para Negócios Pet, com coordenação científica do Prof. Gioso, para quem tem consultório, clínica ou hospital veterinário ou petshop.

"É uma nova versão do curso presencial que já ajudou mais de duas mil empresários a saírem da total apatia financeira para o crescimento em faturamento de até 500%. Queremos quebrar as barreiras geográficas e dar ao aluno todo o material necessário de forma totalmente online, sem a necessidade de deslocamento, mas como toda a estrutura de suporte", completa.

Aprendizado online - O curso Gestão e Marketing Online para Negócios Pet visa melhorar a performance do negócio e acelerar o faturamento com aulas elaboradas por experts em finanças pessoais, em arquitetura, decoração, gestão e marketing.

As videoaulas estão distribuídas em oito módulos, com cinco aulas cada, mais três módulos de bônus, com até três aulas, cada. No formato online, a ideia é que os próprios colaboradores possam ter acesso também a todo conteúdo, o que era impossível no curso presencial.

Para participar do Gestão e Marketing Online para Negócios Pet basta o interessado acessar o link http://bit.ly/cursogestaoonline

Quem é Marco Antonio Gioso: atua no segmento pet há mais de 30 anos. Durante esse tempo dividiu-se entre a docência na USP e as consultorias, treinamentos e cursos de gestão e marketing para o mercado pet na forma de palestras e simpósios.

Website: https://clinicaempreendedora.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade