Publicidade

Estado de Minas

Especialista afirma: "entenda seu cliente para vender durante todo o ano"

"É essencial entender como cada revendedor atua na sua região e agir localmente" - Denísio do Nascimento


postado em 01/09/2017 11:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Com a chegada do segundo semestre do ano, todo empresário deve refletir em soluções para otimizar as vendas com o intuito em atingir as metas planejadas. Entretanto, todo empreendedor, sabe que há meses bons e meses ruins tanto para o comércio quanto para indústria. A dúvida que fica é: como continuar mantendo as vendas mesmo em meses mais fracos?

"Para nós da Embrast, é essencial entender como cada revendedor atua na sua região e agir localmente. Isso nos ajuda a pensar em soluções personalizadas para cada cliente e cultura local, visando que o mesmo continue vendendo e assim comprando de nossa empresa", afirma Denísio do Nascimento, sócio da Embrast , empresa de embalagens descartáveis; embalagens flexíveis; EPis e artigos para festa.

De acordo com Nascimento, há também alguns produtos que vendem bem em determinadas épocas do ano. Por isso, uma solução foi aumentar o leque de produtos que a Embrast oferece aos seus clientes. "Com maior variedade de produtos, nossos clientes conseguem antever as novidades ao consumidor final, e ofertar maiores descontos com compras maiores em determinadas épocas", explica.

Na sazonalidade do calendário onde há datas comemorativas quase todos os dias. Sempre se comemora o dia de alguma profissão, sendo assim isto pode fazer com que as lojas que trabalham com artigos da Embrast, divulguem esses produtos para um nicho específico de mercado. Os quais são: limpeza casa e cozinha, embalagem, cozinha industrial para restaurantes e panificadoras; EPIS para a cozinha e preparação de alimentos, artigos para festas. "Trabalhar o marketing direto, pode ser uma boa opção", de acordo com Denísio.

Fidelizar clientes com o intuito de mantê-los comprando mesmo em tempos de baixo consumo traz uma leitura diferenciada frente a concorrência. Geralmente, clientes param de comprar depois de encontrar produtos semelhantes com preços inferiores. "O ideal é tentar entender o que aconteceu e buscar uma aproximação e barrar a possibilidade de novos entrantes. Trata-se de oferecer uma nova oportunidade de compra com novos produtos, visando qualidade ou mesmo o preço dentro de nossa cadeia com vantagem competitiva. Explorar novos mercados e clientes, e reter os que compram atualmente é o "coração da questão". Se o lojista conseguir manter este patamar, terá sempre êxito em suas vendas.
Outro fator que favorece a empresa é a logística própria, tornando-se ágil conseguimos entregar os produtos em real time, evitando perder vendas para os concorrentes. "Não acredito na opção de deixar nossos clientes sem nossos produtos por alguns dias. Fico atento com as entregas dentro do prazo estipulado, assim evito que os consumidores adquiram produtos de outras marcas", conclui. Outro ponto norteador para Denísio está em criar uma vantagem competitiva nacional com um olhar localizado é fundamental para o sucesso da empresa.

O case da Embrast e o pool de suas marcas próprias estão disponíveis no site oficial (www.embrast.com.br) ou em suas redes sociais: Facebook e Instagram .


Website: http://www.embrast.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade