Publicidade

Estado de Minas

Amgen apresenta estudos promissores para tratamento da doença Púrpura


postado em 01/09/2017 11:30

Focada no desenvolvimento de medicamentos biotecnológicos para doenças de difícil tratamento, a Amgen apresentou durante o congresso da Associação Europeia de Hematologia, o EHA, um estudo de mais de seis anos de acompanhamento do medicamento Nplate® (romiplostim) em crianças com Púrpura Trombocitopênica Idiopática (PTI), ou imune, demonstrando que mais de 90% das crianças atingiram resposta com melhora na contagem de plaquetas com Nplate®. O perfil de segurança foi geralmente bem tolerado. Algumas crianças (14%) com doença de longa data entraram em remissão com o tratamento com Nplate®.

A Púrpura Trombocitopênica Idiopática (PTI) é uma doença autoimune caracterizada por níveis baixos de plaquetas, cuja a função é a de conter hemorragias. A doença recebe esse nome, púrpura, por conta dos sintomas mais comuns da doença, as machas roxas ou avermelhadas causadas pelo sangramento interno involuntário. A PTI é considerada uma doença rara e ocorre quando o sistema imunológico ataca por engano as plaquetas. Em crianças, pode ocorrer depois de uma infecção viral, quando pode ocorrer uma alteração no sistema imunológico. Em geral, a doença tem um bom prognóstico quando tratada adequadamente.


Website: http://www.amgen.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade