Publicidade

Estado de Minas

Radiofrequência no tratamento das sequelas de acne


postado em 29/08/2017 19:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A acne é uma afecção que atinge grande parte da população, seja na adolescência ou na fase adulta. As influências são diversas: problemas hormonais, má alimentação e predisposição genética estão entre os principais fatores.

É muito importante que o tipo de acne seja identificado para um tratamento eficaz e pontual. Os procedimentos são sempre baseados no tipo e gravidade das lesões, que são divididas entre os graus I a V.

Quando ocorrem lesões mais graves ou manipulação inadequada das feridas, contaminando o local, podem surgir cicatrizes difíceis de corrigir apenas com o uso de cosméticos. Neste momento, os tratamentos estéticos de alta tecnologia são essenciais!

Os equipamentos de radiofrequência de alta potência são indicados para este tratamento, pois promovem um aquecimento simultâneo nas regiões superficiais (derme) e profundas (hipoderme), gerando diversas reações metabólicas e estruturais, como a contração das fibras de colágeno e a retração da pele, a neocolagênese e o aumento da circulação sanguínea e linfática, melhorando o aporte de nutrientes e oxigênio das células.

O Límine e o Effect da HTM são equipamentos de radiofrequência com a mais recente tecnologia do mercado. Trata-se de um gerador de ondas eletromagnéticas que mantém a temperatura do tecido entre 40°C a 42°C.

A consultora científica da HTM, Patricia Lopez, diz que este tipo de tratamento é bastante democrático, e pode ser usado em qualquer tipo de pele. "Ao contrário dos aparelhos de emissão a laser, a radiofrequência não tem afinidade pelos pigmentos da pele, como a melanina ou a hemoglobina, o que caracteriza um método bastante abrangente", diz.

O tratamento com estes equipamentos não altera a rotina do paciente, e os resultados são visíveis já na primeira sessão. Com o passar das sessões, ocorre uma melhora duradoura dos resultados.

São recomendados de 4 a 6 sessões, com intervalo de 7 a 15 dias, conforme quadro clínico e evolução de cada paciente.


Jornalista responsável: Jéssica Galassi
comunicacao@htmeletronica.com.br
Departamento de Marketing


Website: http://www.htmeletronica.com.br/tratamento/sequelas-de-acne/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade