Publicidade

Estado de Minas

Redes de fiação subterrâneas reduzem problemas e custos de manutenção


postado em 28/08/2017 12:15

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Nos países desenvolvidos, as redes de fiação subterrâneas são a primeira opção, porém aqui no Brasil o estilo mais adotado ainda é a fiação aérea visto que o seu custo de instalação é menor. No entanto, aos poucos, este pensamento de reduzir os custos na instalação tem mudado e já é comum nas grandes cidades encontrar alguns trechos urbanos nos quais a fiação elétrica ou de conexão não ficam mais ao ar livre. Neste tipo de projeto, toda a rede de transmissão de energia é transferida para galerias no solo, semelhante ao que acontece com as redes de água e esgoto. Os principais motivos para aderir às redes de fiação subterrâneas são a melhoria do paisagismo, maior segurança para os moradores e redução de custos de manutenção do sistema de energia, entre outros.

Já imaginou poder olhar para o céu em qualquer rua do centro de São Paulo e não se deparar com uma imensidão de fios entrelaçados? Ter redes de fiação subterrâneas muda completamente a paisagem urbana e a sensação de bem-estar dos moradores destes locais. Além da questão estética, esse tipo de rede garante segurança, visto que minimiza o número de acidentes envolvendo energia elétrica, desde colisões com postes a pipas que enroscam nas fiações. Os problemas durante as chuvas com galhos e troncos que caem sobre a fiação e suspendem a transmissão também são reduzidos, além de possibilitar que mais árvores sejam plantadas nas ruas, já que sem o perigo de enroscar nos fios, estas poderão crescer à vontade e oferecer todos os seus benefícios ao ambiente.

O enterramento da fiação, que pode ser desde a elétrica aos cabos de telefonia, internet e TV, só oferecem vantagens em relação a infraestrutura das cidades. Além de reduzir a possibilidade de descargas elétricas e apagões, sem as redes aéreas é possível substituir os antigos postes de concreto que abarrotam as calçadas por luminárias mais charmosas específicas para iluminação pública. A única barreira para que as redes de fiação subterrâneas se tornem realidade em todos municípios no Brasil é o alto custo de instalação que varia entre 10 a 20 vezes a mais que a construção de um sistema aéreo convencional. Outro fator apontando como um quesito a ser pensando na instalação dessas redes, é a logística para sua implantação. Os transtornos causados por grandes obras podem influenciar completamente a rotina de grandes cidades como São Paulo, mas isso não precisa ser um problema. Atualmente é possível fazer a perfuração dos dutos para passagem da fiação com o método não destrutivo , evitando trânsitos e grandes intervenções urbanas.

De acordo com a DRC , empresa especializada em perfuração direcional , nestes casos é preciso que seja pensado nos benefícios a médio e longo prazo. "Com a menor ocorrência de problemas e acidentes, as redes de fiação subterrâneas pagam-se pelo baixo custo da manutenção. O custo da manutenção da rede subterrânea, que acaba sendo, em média, 80% mais barato que o sistema convencional aéreo", explica Rogério Pagni, diretor técnico da empresa.


Website: http://www.drcnet.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade