Publicidade

Estado de Minas

Uma história de amor sem preconceitos por Neide Barth Rosenscheng


postado em 25/08/2017 12:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A região norte de Santa Catarina é o cenário do romance A Cor das Almas, que conta a história de um amor proibido, nos tempos em que o preconceito racial era forte e motivo de desavenças. Apesar dos personagens serem fictícios, o livro se passa dentro do contexto histórico da região, contendo, inclusive, passagens em língua alemã.

A autora Neide Barth Rosenscheng faz um passeio pela história, com o intuito de levar o leitor para o seu íntimo, fazendo-o revelar o próprio sentimento por intermédio dos personagens do livro. Independente da raça ou cor da pele, todos trazem cores dentro de si. Foi o que a autora quis dizer ao dar o título à obra. Para ela, o racismo diz respeito apenas à cor da pele, ao exterior, e a cor verdadeira está no interior da alma. Embarque nesta história e se depare com uma bela narrativa.

Sobre a autora:
Filha de lavradores rurais, natural de Porto União, em Santa Catarina, Neide Barth Rosenscheg sempre gostou de escrever. Graduada em Letras Português/Inglês, fez especialização em Literatura brasileira e escreve desde criança, quando se interessou em fazer livros infantis. Já na juventude, escreveu romances manuscritos. Também é autora do livro "Vidas de Vidro".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade