Publicidade

Estado de Minas

Startup de Uberlândia inova o mercado de locação de máquinas e equipamentos no Brasil

"Uma das grandes dores que várias empresas enfrentam em todo Brasil, é a dificuldade no momento de alugar máquinas e equipamentos"


postado em 23/08/2017 15:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)
O setor de aluguel de máquinas e equipamentos pesados gira uma cifra média de R$ 9 bilhões por ano no Brasil, empregando mais de 100 mil pessoas. A contratação de máquinas e equipamentos pesados tem crescido cada vez mais, em empresas de diversas áreas, como alternativa mais viável do que a compra desses equipamentos. A Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção (Sobratema), em uma pesquisa sobre a demanda de frota no mercado brasileiro, estima que 30% do total de máquinas vendidas no Brasil são destinadas ao mercado de locação (esse número era de apenas 15% há dez anos). A venda de máquinas pesadas novas em 2017 está estimada em mais de 20 mil unidades.

A pesquisa citada revela também que, no Brasil todo, são feitas cerca de 9.700 obras por ano, movimentando um valor médio de R$1,35 trilhões neste mercado. Além do volume de obras, a oportunidade de negócios, a democratização do crédito, a queda dos juros e a cultura da mecanização representam também fatores que impulsionaram o mercado de locação nos últimos anos.

Embora o mercado de locação esteja em uma clara tendência ascendente de crescimento, ainda existem muitos fatores que precisam ser melhorados para que o setor se fortaleça ainda mais no Brasil. Estamos passando por uma crise econômica histórica, e o setor acabou sendo bastante prejudicado em função do desaquecimento econômico. O número de obras no país chegou a reduzir 16,5% entre 2014 e 2015. O desencontro entre a oferta e a demanda por máquinas, e a burocracia que envolve o processo de negociação de máquinas pesadas, atrasa mais ainda a volta do aquecimento deste mercado, que já é muito ineficiente. Assim como em todos os setores da economia, agora chegou a vez do setor de Locação de Equipamentos aumentar sua eficiência no Brasil, utilizando a tecnologia a seu favor para sair fortalecido neste momento de ajuste econômico.

Foi pensando em resolver problemas como esses e estimular o aquecimento do setor do aluguel de máquinas pesadas no Brasil, que um grupo de empreendedores com vasta experiência no mercado de locação de equipamentos, juntamente com uma equipe de programação e desenvolvimento de softwares se uniram para a criação de uma startup que solucionará todos essas deficiências no mercado - a Tracktoor. Rafael Cesar, Pedro Landi, Victor Carvalho, Bruno Oliveira e Anderson Pinto pretendem mudar completamente a forma como as negociações de locação de máquinas e equipamentos acontecem no Brasil.

"Uma das grandes dores que várias empresas de engenharia, construtoras, empreiteiras e mineradoras enfrentam em todo Brasil, é a dificuldade no momento de alugar máquinas e equipamentos, pois além da burocracia com documentação, muitas empresas acabam não encontrando os equipamentos que precisam próximos do local de execução das obras, em função disso, acabam arcando com altos custos com fretes. Por outro lado, vários proprietários de equipamentos acabam perdendo boas oportunidades de locação, por não possuir no mercado, até então, uma ferramenta prática e eficiente que possibilitava a divulgação destes para que os locatários pudessem encontrá-los próximos das obras que iriam executar, descomplicando consideravelmente o processo de locação de equipamentos. Somado a isso, o atual cenário econômico do país, faz com que seja cada vez mais necessário o uso da tecnologia para tornar os processos mais rápidos, eficientes e garantir a maior redução de custos possível para as empresas. Visando sanar esta e várias outras ineficiências do mercado de locação, criamos a Tracktoor, uma plataforma única cujo propósito é integrar locadores e locatários todos em um mesmo ambiente, onde estes podem negociar e fechar locações diretamente entre as partes, de forma simples e rápida", comenta Bruno Oliveira, CEO e cofundador da Tracktoor.

A Tracktoor é uma startup que revoluciona o mercado de locação de máquinas e equipamentos. Por meio de uma plataforma única, ela conecta locadores e locatários de todo o Brasil. Os locadores podem cadastrar seus equipamentos na plataforma e receber cotações, em tempo real, sem a ação de intermediadores. Além disso, a startup não cobra comissão e nem taxas de intermediação pelas negociações realizadas na plataforma.

Pedro Landi, cofundador e especialista em Inteligência de Mercado da Tracktoor, que já atua no mercado de locação de máquinas e equipamentos há vários anos, comenta ainda que durante o desenvolvimento da startup foi identificado um outro problema muito comum no mercado da locação de equipamentos: os altos custos com fretes. "É muito comum uma empresa do Pará alugar equipamentos em Minas Gerais ou São Paulo, por exemplo. É uma prática comum no mercado que leva as empresas a gastar muito dinheiro com o transporte desses equipamentos. Nós solucionamos isso com um sistema que é único no mercado, a Geolocação Inteligente ?, que permite a localização, em tempo real, dos equipamentos mais próximos ao local de utilização, reduzindo os custos com transporte dos mesmos."

O propósito da empresa é ser o maior ecossistema de máquinas e equipamentos do mundo, garantindo que construtoras, empreiteiras, mineradoras, produtores rurais e qualquer negócio tenham condições de encontrar e alugar máquinas e equipamentos variados, sem dor de cabeça, próximos de onde precisam. E o melhor: isso tudo sem depender de intermediadores. Para iniciar e dar um grande primeiro passo rumo à esse objetivo, a startup liberou 1 ano de plano ilimitado para os primeiros 1000 usuários que cadastrarem equipamentos na plataforma. É o primeiro passo para melhorar o mercado de locação de equipamentos no Brasil.


Website: http://www.tracktoor.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade