Publicidade

Estado de Minas

Aquecido, setor de Live Marketing alerta para a importância de ações promocionais


postado em 18/08/2017 12:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Em meio a um cenário de crise e que pode afastar potenciais consumidores, estratégias para atrair clientes são imprescindíveis para se diferenciar no mercado e continuar crescendo. Segundo uma pesquisa encomendada pela Ampro (Associação de Marketing Promocional), continuar investindo e inovando são os caminhos para se manter no topo.

De acordo com o estudo, o setor de live marketing movimentou, entre 2015 e 2016, R$ 43,9 bilhões e as ferramentas mais utilizadas foram Eventos, Feiras e Congressos (77%); em segundo, Ações Promocionais (62%); e em terceiro, Marketing de Incentivo (56%). Iniciativas como Ativações e Trade Marketing também foram citadas.

Segundo especialistas, esse incentivo se deve, em grande parte, à crise, especialmente a enfrentada por estados como o Rio de Janeiro, em que 31% das empresas aumentaram o uso de ações de live marketing, 20% mantiveram o investimento e 40% diminuíram os recursos destinados a esse fim. Entre os pesquisados, 62% pretende investir mais nos próximos três anos no aumento das vendas, melhor relacionamento com o público e melhora da imagem.

Para o segundo semestre de 2017, a expectativa desse mercado, incluindo o do segmento de brindes personalizados no Rio de Janeiro, é de crescimento, já que, tradicionalmente, os seis últimos meses do ano costumam ser melhores do que os primeiros, com mais ações promocionais.

Ações, aliás, são um bom exemplo do que deve ser feito para se destacar no mercado. De acordo com a Brindes Design, empresa de brindes no Rio de Janeiro (http://www.brindesdesign.com.br/), os Jogos Olímpicos contribuíram com o segmento de live marketing, com o lançamento de produtos que retrataram a alma da cidade e brindes focados em características da cidade conhecidas internacionalmente.

Website: http://www.brindesdesign.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade