Publicidade

Estado de Minas

Sana é uma APA considerada como o paraíso das águas

Depois que o sol nasce trilhas ecológicas pelo circuito das águas e ainda até o Pico do Peito do Pombo, com 1.400 metros de altitude, são destinos certos.


postado em 18/08/2017 10:45

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Na Serra da Macaé, entre os municípios de Nova Friburgo, Casimiro de Abreu e Trajano de Moraes, em altitudes que variam entre 300 e 500m, que lhe confere um clima agradável durante todo o ano, com temperaturas entre 18°C e 24ºC na maior parte do ano e calor bem distribuído o ano inteiro, no inverno, a temperatura varia de 10ºC à 18ºC, está o Sana, 6º Distrito de Macaé.

Esta APA criada pelo município em 2001, pela Lei Municipal 2172, está bastante avançada no seu processo de gestão, contando com um Conselho Gestor e de legislação própria, que vem adequando-se à realidade do desenvolvimento sustentável. A APA é uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável dos Recursos Ambientais, e engloba toda a extensão do distrito.
Sana é um dos melhores destinos do estado no ranking Veja Rio e, segundo publicação da revista o Arraial foi indicado como o quarto melhor destino, para se curtir os feriados de 2015 do Estado do Rio de Janeiro, enfatiza Marcos Macedo, editor do Portal do Sana (http://www.portaldosana.com.br).

Lugar famoso pelas boas vibrações, pelas noites ao som do forró, do reggae e do samba, mas também pelo som das cachoeiras e da natureza. Depois que o sol nasce trilhas ecológicas pelo circuito das águas e ainda até o Pico do Peito do Pombo, com 1.400 metros de altitude, são destinos certos.

Estrategicamente situado dentro do mapa do Estado do Rio, o distrito fica próximo do Rio de Janeiro, Niterói, Macaé, Campos dos Goytacazes, Casimiro de Abreu e toda a Região dos Lagos, há menos de 2 horas, onde Casimiro de Abreu equivale à principal porta de entrada, distando apenas a 25 km dali, pela estrada Serra Mar (RJ-142), já asfaltada.

Pode-se dizer que o distrito do Sana é dividido em três regiões distintas: Barra do Sana (no encontro do rio Sana com o rio Macaé); Arraial do Sana, onde se encontra a maior parte da população e Cabeceira do Sana (onde nasce o rio Sana, que corta todo o distrito, recebendo em seu curso uma dezena de pequenos e médios afluentes como o córrego Peito de Pombo onde se situam as Cachoeiras: Sete Quedas, Mãe, Pai e o Escorrega; o Rio Andorinhas, na Cabeceira do Sana, onde se encontra a belíssima Cachoeira das Andorinhas; o córrego São Bento, cheio de lindas piscinas naturais e cachoeiras escondidas; o Córrego da Boa Sorte com sua singela queda d'água de mesmo nome; o Córrego da Glória; e outras nascentes).

"Frequentado por pessoas em busca de contato com a natureza e de tranquilidade o Sana é cercado de magia e encantamento, o distrito do Sana tem a melhor infraestrutura da região serrana para o turismo, com um grande número de pequenas pousadas, albergues, hotel fazenda e áreas de campings com capacidade para receber um bom número de visitantes, além de bares e restaurantes", conclui Zilândia Vieira (https://www.facebook.com/portaldosana).




Website: http://www.portaldosana.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade