Publicidade

Estado de Minas

A autoridade de saúde de Dubai implementa o Patient SafetyNet? da Masimo


postado em 15/08/2017 11:30

A Masimo (NASDAQ:MASI) anunciou hoje que a Dubai Health Authority (DHA), a organização governamental que supervisiona os sistemas de saúde de Dubai, está ampliando seu inventário atual de equipamentos e tecnologia da Masimo com a implementação do Patient SafetyNet?*, um sistema de monitoramento remoto suplementar e de notificação de clínicos, em dois hospitais em Dubai.

Esta Publicação Smart News contém multimédia. Ver aqui a publicação na íntegra: http://www.businesswire.com/news/home/20170814006050/pt/

O Patient SafetyNet da Masimo permite que as informações de monitores de leito, como o Masimo Root® com o Radical-7® ou o Radius-7® Pulse CO-Oximeter®, sejam acessadas de uma estação de visualização central. Quando ocorrem alterações nos valores medidos, os quais podem indicar deterioração na condição do paciente, o Patient SafetyNet envia automaticamente alertas sem fio diretamente para os clínicos, onde quer que eles estejam. Além disso, o Patient SafetyNet pode automatizar a transferência de dados do paciente, inclusive dados de admissão, sinais vitais, escores de advertência precoces (early warning scores, EWS) e outros parâmetros fisiológicos, diretamente para os sistemas de registros médicos eletrônicos (eletronic medical records, EMR) dos hospitais, ajudando a aprimorar o fluxo de trabalho e reduzir a possibilidade de erros de transcrição.

O Dr. Andreas Taenzer e equipe concluíram, em um estudo de 11 meses conduzido no Dartmouth-Hitchcock Medical Center, que utilizar o Patient SafetyNet e a oximetria de pulso SET® da Masimo como parte de uma estratégia abrangente de gerenciamento de alarme reduziu eventos de salvamento em 65% e transferência para unidades de tratamento intensivo em 48%. Como resultado, reduziu os custos em $1.480.000.1,2 Em um artigo subsequente, eles anunciaram que, depois de cinco anos, o Dartmouth-Hitchcock teve zero mortes ou danos cerebrais possíveis de se prevenir causadas por opioides desde a instalação do Patient SafetyNet.2 Em 2016, depois de dez anos, eles relataram ter atingido uma redução de 50% em transferências não planejadas para UTI e uma redução de 60% em eventos de salvamento, apesar do aumento de acuidade de pacientes e da ocupação.3

Os dois novos centros médicos da Dubai Health Authority que estão implementando o Patient SafetyNet são o Dubai Hospital (625 leitos), que presta atendimento geral e cirúrgico, e o Latifa Hospital (367 leitos), que é especializado em atendimento materno e pediátrico. O Dubai Hospital instalou seu primeiro Patient SafetyNet em 2013. O Latifa Hospital está instalando quatro sistemas, com mais um planejado para o Dubai Hospital. ?Estamos animados em aprofundar nossa parceria com a Masimo? disse Humaid Al Qatami, presidente do conselho administrativo e diretor geral da Dubai Health Authority. ?A missão da Dubai Health Authority é desenvolver um sistema de saúde integrado e sustentável que assegure que nossos serviços abrangentes atinjam o mais elevado padrão internacional, e acreditamos que os dispositivos de monitoramento da Masimo, agora mais conectados à infraestrutura do hospital por meio da potência do Patient SafetyNet, irá nos ajudar a alcançar esse objetivo?.

?O Patient SafetyNet, juntamente com a oximetria de pulso SET® da Masimo, permite monitoramento suplementar contínuo de pacientes ativos em salas pós-cirúrgicas e pode ajudar a salvar vidas de pacientes em tratamento com opioides, entre muitos outros benefícios?, declarou Joe Kiani, fundador e diretor executivo da Masimo. ?Aplaudimos a Dubai Health Authority, dedicada a proporcionar nada menos que o melhor atendimento médico do mundo, por reconhecer a importância de implementar um sistema de vigilância e monitoramento centralizado comprovado e poderoso?.

@MasimoInnovates | #Masimo

Referências

  1. Taenzer AH et al. Impact of Pulse Oximetry Surveillance on Rescue Events and Intensive Care Unit Transfers: A Before-and-After Concurrence Study. Anesthesiology. 2010 Feb;112(2):282-7.
  2. Taenzer AH et al. Postoperative Monitoring ? The Dartmouth Experience. Boletim da Fundação de anestesia de segurança do paciente Primavera-Verão 2012. Disponível on-line.
  3. McGrath SP et al. Surveillance Monitoring Management for General Care Units: Strategy, Design, and Implementation. The Joint Commission Journal on Quality and Patient Safety. Jul 2016;42(7):293-302.

*A marca comercial SafetyNet é usada sob licença da University HealthSystem Consortium.

Sobre a Masimo

A Masimo (NASDAQ: MASI) é líder global em tecnologias inovadoras de monitoramento não invasivo. Nossa missão é melhorar os resultados do paciente e reduzir o custo do tratamento. Em 1995, a empresa lançou o oxímetro de pulso Masimo SET® Measure-through Motion and Low Perfusion? (medição durante o movimento e em condições de baixa perfusão) que, conforme demonstrado em diversos estudos, reduz consideravelmente alarmes falsos e monitora com exatidão para garantir que os alarmes sejam reais. O Masimo SET® também demonstrou ajudar os médicos a reduzir a retinopatia grave da prematuridade em neonatos,1 melhorar a triagem CCHD em recém-nascidos,2 e, quando usado para monitoramento contínuo com o Masimo Patient SafetyNet?* em alas pós-cirurgia, reduz as ativações de resposta rápida e os custos.3,4,5 Estima-se que o Masimo SET® seja usado por mais de 100 milhões de pacientes nos principais hospitais e em outras instalações de saúde ao redor do mundo,6 e é o principal oxímetro de pulso em 16 dos 20 principais hospitais listados no U.S. News and World Report Best Hospitals Honor Roll 2016-2017.7 Em 2005, a Masimo introduziu o a tecnologia de co-oximetria de pulso rainbow®, permitindo o monitoramento contínuo e não invasivo dos constituintes do sangue, que antes só podiam ser medidos de forma invasiva, inclusive hemoglobina total (SpHb®), conteúdo de oxigênio (SpOC?), carboxiemoglobina (SpCO®), metemoglobina (SpMet®), o Índice de Variação Pleth (PVi®) e, mais recentemente, o índice de reserva de oxigênio (Oxygen Reserve Index?, ORi?), além de SpO2, frequência cardíaca e índice de perfusão (PI). Em 2014, a Masimo lançou o Root®, uma plataforma intuitiva de conectividade e monitoramento de pacientes com a interface Masimo Open Connect? (MOC-9?), permitindo que outras empresas ampliem o Root com novos recursos e capacidades de medição. A Masimo também está assumindo um papel ativo de liderança em saúde eletrônica (mHealth), com produtos como o monitor de pacientes vestível Radius-7?, o oxímetro de pulso iSpO2® para smartphones e o oxímetro de pulso de ponta de dedo MightySat?. Outras informações sobre a Masimo e seus produtos estão disponíveis no site www.masimo.com. Os estudos clínicos publicados sobre os produtos da Masimo estão disponíveis em http://www.masimo.com/cpub/clinical-evidence.htm.

O ORi não recebeu liberação da FDA 510(k) e não está disponível para venda nos Estados Unidos.

*A marca comercial Patient SafetyNet é usada sob licença da University HealthSystem Consortium.

Referências

  1. Castillo A et al. Prevention of Retinopathy of Prematurity in Preterm Infants through Changes in Clinical Practice and SpO2 Technology. Acta Paediatr. Fev 2011;100(2):188-92.
  2. de-Wahl Granelli A et al. Impact of pulse oximetry screening on the detection of duct dependent congenital heart disease: a Swedish prospective screening study in 39,821 newborns. BMJ. 2009;Jan 8;338.
  3. Taenzer AH et al. Impact of Pulse Oximetry Surveillance on Rescue Events and Intensive Care Unit Transfers: A Before-And-After Concurrence Study. Anesthesiology. 2010; 112(2):282-287.
  4. Taenzer AH et al. Postoperative Monitoring ? The Dartmouth Experience. Anesthesia Patient Safety Foundation Newsletter. Spring-Summer 2012.
  5. McGrath SP et al. Surveillance Monitoring Management for General Care Units: Strategy, Design, and Implementation. The Joint Commission Journal on Quality and Patient Safety. Jul 2016;42(7):293-302.
  6. Estimativa: Dados arquivados sobre a Masimo.
  7. http://health.usnews.com/health-care/best-hospitals/articles/best-hospitals-honor-roll-and-overview.

Declarações prospectivas

Este comunicado de imprensa inclui declarações prospectivas conforme definido na seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933, e seção 21E da Lei de Bolsa de Valores de 1934, em conexão com a Lei de Reforma de Controvérsias de Títulos Privados de 1995. Essas declarações prospectivas incluem, entre outras, declarações relacionadas à eficácia potencial do Masimo Patient SafetyNet?. Essas declarações prospectivas têm como base nas expectativas atuais quanto a eventos futuros que nos afetem e estejam sujeitos a riscos e incertezas, todos de difícil previsão e muitos deles além do nosso controle, os quais poderiam fazer com que nossos resultados reais divergissem de modo considerável e adverso dos expressos em nossas declarações prospectivas devido a diversos fatores de risco que incluem, entre outros: riscos associados às nossas suposições quanto à capacidade de repetição de resultados clínicos; riscos associados à nossa convicção de que as tecnologias exclusivas de medição não invasiva da Masimo, inclusive o Patient SafetyNet da Masimo, contribuem para resultados clínicos positivos e à segurança dos pacientes; riscos associados à nossa convicção de que as inovações médicas não invasivas da Masimo oferecem soluções economicamente acessíveis e vantagens únicas; bem como outros fatores mencionados na seção "Fatores de risco" de nossos relatórios mais recentes protocolados junto à Comissão de Títulos e Valores Mobiliários (SEC, Securities and Exchange Commission), os quais podem ser obtidos gratuitamente no site da SEC em www.sec.gov. Apesar de acreditarmos que as expectativas refletidas em nossas declarações prospectivas sejam razoáveis, não sabemos se nossas expectativas serão corretas. Todas as declarações prospectivas incluídas neste comunicado de imprensa são expressamente qualificadas em sua totalidade pelas declarações de advertência precedentes. Advertimos os leitores a não confiar indevidamente nessas declarações prospectivas, que dizem respeito apenas à data de hoje. Não assumimos qualquer obrigação de atualizar, corrigir ou esclarecer tais declarações ou os ?Fatores de risco? descritos em nossos mais recentes relatórios protocolados junto à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), seja ou não como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra forma, exceto conforme possa ser exigido pelas leis de valores mobiliários aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Masimo
Evan Lamb, 949-396-3376
elamb@masimo.com


Fonte: BUSINESS WIRE

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade