Publicidade

Estado de Minas

Especialista dá 5 dicas essenciais para um casamento econômico

Todos os serviços precisam ser contratados com muito cuidado. Falar com o profissional, ir até o endereço e sempre deixe parte do pagamento para a entrega


postado em 14/08/2017 10:00

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A maioria dos noivos deseja aquela festa dos sonhos. Mas, especialmente em momentos de crise, o orçamento pode acabar ficando reduzido. Por isso, muitos buscam um casamento econômico sem abrir mão da qualidade, o que vai exigir atenção a alguns pontos específicos.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) , em 2015, foram realizados mais de 1,1 milhão de matrimônios. Isso representa um aumento de 2,8% em relação a 2014. São cerca de 3 mil casamentos por dia.

Além disso, o setor de festas e cerimônias para celebrar essa união cresceu 25% nos últimos anos, alcançando um valor de R$16,8 bilhões em 2014, como aponta pesquisa do Instituto Data Popular , em parceria com a Associação Brasileira de Eventos Sociais (Abrafesta).

Ou seja: cada vez tem mais gente casando e o valor disso pode ser alto. Em média, um casamento custa cerca de R$ 40 mil. Alguns podem gastar mais, mas outros esperam não chegar nem à metade desse montante.

Pensando nisso, Andreas Piekarz, CEO da Organizando Eventos, site de busca de fornecedores, separou cinco dicas imprescindíveis para preparar um casamento econômico do jeitinho que caiba no bolso do casal.

#1 Pesquisa é essencial

O mais importante para quem deseja casar gastando menos é a pesquisa. Isso vale para todos os fornecedores, desde o salão de festas até as lembrancinhas. É possível economizar mais de 50% apenas comparando orçamentos de diferentes estabelecimentos.

Mas, na hora de fazer essa busca, não basta apenas verificar o preço, mas também tudo o que é oferecido dentro desse valor. Para que o barato não saia caro, os noivos devem questionar o fornecedor diversas vezes sobre tudo o que está incluído no pacote.

Uma boa sugestão é fazer as perguntas certas e pedir tudo com detalhes. No caso de buffet, a prova antes ajuda bastante também a verificar a qualidade. Sempre peça para saber como será todo o serviço, tintim por tintim.

"Na verdade, todos os serviços precisam ser contratados com muito cuidado. Falar com o profissional, ir até o endereço e deixar um sinal ou parte do pagamento para a entrega do serviço são questões cruciais", alerta Piekarz.

#2 Não deixar de pedir descontos

A arte da barganha deve ser uma constante na vida do casal. Pedir descontos é essencial. Nem todos os fornecedores vão aceitar. O máximo que poderá acontecer é receber um não como resposta. Mas a prática pode fazer com que os noivos consigam preços incríveis.

Portanto, arrisque e talvez a resposta seja mais positiva do que você imaginou. É preciso, no entanto, ter expectativas reais e pensar que existe um custo para tudo. Não adianta esperar valores fora da realidade do mercado.

#3 Estabelecer prioridades

Os serviços para casamento, entre o básico e o mais requintado, variam bastante o valor. Então, tudo vai depender das opções do casal e da importância de cada item para eles. Por exemplo: algumas pessoas pensam que fotos são supérfluos. Outras dizem que é a principal forma de não esquecer o grande dia.

Ainda existem aqueles que pensam que, se a carne estiver dura, seria um grande pesadelo. Já outros querem mesmo é ter um bom repertório e espaço para dançar. Então, é importante não economizar demais naquilo que o casal achar mais importante.

Em compensação, aquilo que for ficando mais abaixo na lista de prioridades pode receber descontos maiores. "O problema é que, para a maioria, o dia do casamento é um grande sonho. Então, retirar algum item é muito difícil", avaliou o CEO.

#4 Fazer algo por conta própria

Outra solução é o chamado Do It Yourself (DIY, do inglês, ou faça você mesmo). Se o casal for caprichoso e criativo, consegue fazer muitas coisas juntos, como algumas lembrancinhas, convites e até determinados objetos de decoração, como sugere Piekarz.

Existem diversos vídeos tutoriais na Internet que ajudam os noivos nesse momento. Além disso, aproveitar as próprias habilidades de cada um e de amigos e parentes também é uma boa ideia. Você pode ter uma tia que faz bons doces, por exemplo.

#5 Usar um serviço comparador de valores

Embora esteja ligada à dica número um, essa é um pouco mais específica. Alguns sites, como o Organizando Eventos, oferecem um grande número de empresas e prestadores de serviços. Assim, é possível encontrar e pesquisar rapidamente para encontrar os melhores valores.

O Orçamento Expresso do site é outra facilidade, que permite em um só pedido apresentar tudo o que você precisa, pode até definir valores quanto você pretende gastar com aquele serviço a todas as empresas interessadas. E então as empresas interessadas em oferecer o serviço se candidatam apresentando o orçamento.


Website: https://www.organizandoeventos.com.br/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade