Publicidade

Estado de Minas

Instituto Olga Kos recebe Prêmio "Melhores ONGs 2017"


postado em 09/08/2017 13:30

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A premiação foi criada para destacar a excelência do trabalho desenvolvido entre as mais de trezentas mil associações de caridade, organizações da sociedade civil, institutos e fundações filantrópicas existentes no país. O principal objetivo é fornecer informação imparcial e precisa a doadores e voluntários, auxiliando-os na tomada de decisões na hora em que forem adotar uma causa. Outra preocupação do prêmio, é contribuir para que as organizações trabalhem de acordo com padrões de qualidade quanto à gestão e à transparência, já que os recursos são provenientes de doações e patrocínios e se espera o melhor uso desse dinheiro.


Para o Instituto Doar, o prêmio valoriza os bons exemplos, cria um estímulo para as entidades e serve de vitrine para os potenciais doadores. É uma oportunidade de reconhecer que a ampla maioria das entidades faz um trabalho sério e que uma ONG pode e deve ser estimulada a melhorar continuamente. Para a seleção das melhores ONGs de 2017 foram avaliados 5 temas principais:

Alinhamento com a causa e estratégia de atuação;
Representação e responsabilidade;
Gestão e planejamento;
Estratégia de financiamento;
Comunicação e prestação de contas à sociedade.

O Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK) foi uma das 100 entidades escolhidas pela qualidade na gestão e transparência no uso dos recursos. O Instituto, que está completando 10 anos de fundação, desenvolve projetos de inclusão por meio da arte e do esporte. Cerca de 3,5 mil crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual ou em situação de vulnerabilidade social são atendidas nas atividades espalhadas em 40 locais na cidade de São Paulo. Nas oficinas de arte, são realizadas atividades artísticas e dança, enquanto os projetos de esporte incluem oficinas adaptadas de Karatê e Taekwondo.

"Estar entre as melhores, num universo de trezentas mil entidades, nos enche de orgulho e só nos estimula a continuar trabalhando mais e mais pelas crianças e jovens que participam dos nossos projetos. É um reconhecimento importante e mostra que estamos na direção certa", afirma Olga Kos, vice-presidente do IOK.

"É bom ver que a nossa preocupação em buscar uma gestão eficiente e transparência na administração dos recursos está sendo reconhecida. É um prêmio que só valoriza o Instituto e as empresas que são parceiras dos nossos projetos", conclui Wolf Kos, presidente do IOK.

Website: http://www.institutoolgakos.org.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade