Publicidade

Estado de Minas

Administradoras de condomínios discutem a nova legislação trabalhista

Praticamente 100% dos novos condomínios entregues dispõe de mão de obra terceirizada.


postado em 04/08/2017 15:15

(foto: Dino)
(foto: Dino)
A nova lei trabalhista, aprovada este ano pelo Governo Federal impacta a vida dos condomínios? A resposta nesse caso é: sim. Por isso, foi realizada ontem (03), às 19h, pela Associação das Administradoras e Condomínios do Ceará (Aadconce) o seminário com o tema: "A nova legislação trabalhista: O que muda para empresas e condomínios". A ação acontece no auditório 01 do Duets Office Towers, em Fortaleza.

A palestra teve como objetivo capacitar o setor quanto a nova legislação, uma vez que 1.500 condomínios na capital e Região Metropolitana são geridos por mão de obra terceirizada, oriunda de administradoras. Segundo o presidente da entidade, Rodrigo Guilhon, a tendência é que cada dia mais esse número cresça, visto que, praticamente 100% dos novos condomínios entregues dispõe de mão de obra terceirizada.

Sobre a Aadconce
A entidade foi fundada em abril de 2014 com a necessidade de assistir as empresas do ramo no estado, a fim de desenvolvê-las com profissionalismo, compromisso ético e qualidade. A missão da Aadconce é representar e defender os interesses da atividade econômica das empresas associadas, com a promoção do desenvolvimento do segmento e, com isto, sedimentar seus valores junto ao mercado de condomínios.


Website: http://aadconce.org/

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade