Publicidade

Estado de Minas

Hypertherm é eleita a melhor marca de corte dos EUA


postado em 04/08/2017 14:15

(foto: Dino)
(foto: Dino)
Referência em sistemas e softwares de corte a plasma, laser e jato d´água, a Hypertherm foi eleita a melhor marca de corte dos EUA pela revista Metal Center News. A pesquisa, realizada entre os profissionais dos centros de serviços de aço, compreendeu a avaliação de todos os métodos de corte de materiais metálicos.

"Estamos muito honrados com a escolha. Sabemos que é um setor altamente competitivo e entendemos as pressões que os nossos clientes enfrentam. E é por isso que nos comprometemos em desenvolver produtos que ajudam as empresas a reduzir os custos de corte e, ao mesmo tempo, aumentar o desempenho e a produtividade", afirma Jeff Deckrow, vice-presidente da Hypertherm na América do Norte.

Ao conduzir a pesquisa, a Metal Center News solicitou aos participantes que apontassem as marcas que gostariam de recomendar e comprar no futuro. A escolha da Hypertherm se deu algumas semanas antes de a empresa lançar a tecnologia de corte XPR300?, que contém o plasma X-Definition?. Considerada o maior avanço de todos os tempos da Hypertherm, a novidade combina melhorias de engenharia e processos de plasma de alta definição que proporcionam qualidade de corte inigualável em aço-carbono, aço inoxidável e alumínio.

Fundada em 1968, na cidade de Hanover (EUA), a Hypertherm está presente em 93 países. Na América do Sul, conta com uma base na cidade de Guarulhos e um Centro de Distribuição (CD) em Cajamar, ambas no estado de São Paulo. Além de fabricar equipamentos para corte a plasma, laser e jato d´água, a Hypertherm fornece uma solução completa para o corte industrial, com produtos de automação (controladores de altura e CNC) e softwares de otimização de processo (CAD/CAM). Também é especialista no desenvolvimento e produção de tochas e consumíveis de alta performance.


Website: http://www.hypertherm.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade