Publicidade

Estado de Minas

Cult...


postado em 26/02/2020 04:00

Festival de Viña del Mar 
manifestação na abertura
(foto: MARTIN BERNETTI/AFP)
(foto: MARTIN BERNETTI/AFP)

Protestos violentos (foto) foram registrados nos arredores da Quinta Vergara, onde o tradicional Festival Internacional da Canção de Viña del Mar teve início, no domingo (23), em meio à crise social no Chile. Milhares de manifestantes, muitos deles encapuzados, provocaram distúrbios nas proximidades do evento e tentaram chegar ao local onde o palco dos shows está montado. A polícia, que realizou uma forte operação de segurança em todo o festival, conteve manifestantes com gás lacrimogêneo e jatos d'água. Lojas e hotéis foram depredados. A mobilização foi convocada no contexto dos protestos sociais contra a desigualdade, que ocorrem no Chile desde 18 de outubro do ano passado.

Arnaldo Antunes protesta
USO INDEVIDO DE O PULSO
(foto: Márcia Xavier/Divulgação)
(foto: Márcia Xavier/Divulgação)

Os cantores Arnaldo Antunes (foto) e Nando Reis e a banda Titãs se manifestaram em redes sociais contra o uso da música O pulso (1989) pelo escritor Olavo de Carvalho, apontado como guru do governo Jair Bolsonaro. Olavo utilizou a canção em uma postagem de convocação para um ato a favor do governo, marcado para 15 de março. Arnaldo, que canta a canção e é um de seus compositores, diz que notificará Olavo judicialmente. "Esse uso vai contra tudo que eu prezo, defendo e acredito. As instituições como o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal preservam aquilo que ainda nos resta de democracia. É muito revoltante ver uma criação minha ser usada contra todos os meus princípios." Nando postou o vídeo de Arnaldo na sua página oficial do Facebook, e os Titãs postaram uma nota em suas redes sociais.

Cine Humberto Mauro 
Curta no almoço de volta
(foto: Alexandre Leopoldino/Divulgação)
(foto: Alexandre Leopoldino/Divulgação)
O Cine Humberto Mauro, do Palácio das Artes, retoma na próxima sexta-feira (28) o projeto Curta no Almoço, que exibe gratuitamente títulos de curta-metragem, sempre às 13h de sexta. As atrações desta edição inaugural de 2020 são Negrum3 (foto), de Diego Paulino, produção de São Paulo que venceu a disputa entre títulos nacionais do FestCurtasBH no ano passado, e Sojourner, de Cauleen Smith (EUA), eleito o melhor curta da competição internacional do mesmo festival. O Palácio das Artes fica na Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro.

VALORIZADA AO CUBO 
Rubik Mona Lisa é arrematada  
(foto: AFP)
(foto: AFP)

A Rubik Mona Lisa (2005), feita com quase 300 cubos mágicos (Rubik), obra do artista Invader, foi leiloada por 480,2 mil euros, um recorde mundial para a série de "quadros-objeto" do artista urbano francês. O quadro quase quadruplicou o valor de sua estimativa (entre 120 mil e 150 mil euros) em um leilão dedicado à arte urbana na casa Artcurial de Paris, no último domingo (23), que vendeu várias obras de artistas de rua contemporâneos. Invader ganhou fama com suas "invasões" nas ruas de 79 cidades de 33 países. Também deu nome a uma corrente que caracteriza suas obras "quadros-objeto": o "Rubikcubismo". De Almoço na relva, de Edouard Manet, a A origem do mundo, de Gustave Courbet, Invader já reproduziu várias obras com cubos mágicos.

EU DURMO, SIM!
Taika Waititi ganha conta sobre sonecas
(foto: Twitter/Reprodução)
(foto: Twitter/Reprodução)

O diretor neozelandês Taika Waititi, premiado no Oscar 2020 pelo roteiro adaptado de Jojo Rabbit, que ele dirige e no qual interpreta uma versão satírica de Adolf Hitler, aprovou a criação de uma conta no Twitter (@Taika Naptiti, um trocadilho com “nap”, soneca, em inglês) para divulgar imagens em que ele aparece tirando uma soneca no ambiente de trabalho (foto). “Finalmente! Um lugar em que todas as fotos podem viver. Há mais por aí. Pessoas com fotos de Taika dormindo deveriam se pronunciar. Esse é um espaço seguro”, comentou o diretor. Depois disso, atores como Mark Ruffalo contribuíram com novas imagens.


Publicidade