Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Série 'Truth be told' põe o fenômeno podcast na berlinda

Estrelada por Octavia Spencer, produção da Apple TV%2b questiona o fascínio mórbido por crimes estimulado por programas de áudio na internet.


postado em 06/12/2019 04:00 / atualizado em 05/12/2019 18:25

Octavia Spencer vive a repórter Poppy Parnell na série Truth be told, que estreia hoje na plataforma Apple TV (foto: Apple TV /divulgação)
Octavia Spencer vive a repórter Poppy Parnell na série Truth be told, que estreia hoje na plataforma Apple TV (foto: Apple TV /divulgação)
Podcasts sobre crimes reais se tornaram obsessão globalizada. Mas qual é o impacto desse fenômeno sobre os protagonistas de uma tragédia – vítimas e suas famílias –, obrigados a reviver fatos dolorosos? Quais as motivações para retomar esses rumorosos casos de polícia?

A plataforma de streaming Apple TV+ explora esse fascínio mórbido na série de ficção Truth be told, que estreia nesta sexta-feira (6).

Octavia Spencer interpreta a jornalista Poppy Parnell, que reexamina o caso de Warren Cave, adolescente condenado por assassinato, depois que novas evidências são re- veladas. Suas descobertas são relatadas em um popular podcast – programa de áudio veiculado na internet.

No entanto, quando era jovem repórter, Parnell fez fama ao ajudar a incriminar Cave, que se une a um grupo neonazista na prisão. “Poppy tem muitos pontos fracos, pensa que pode ter cometido um erro e decide investigar mais”, explica a atriz. Aaron Paul, que faz o papel de Cave, diz que seu personagem, tatuado com uma suástica, força o público “a entender que nem tudo é tão preto e branco quanto parece”.

Apesar de claras semelhanças com podcasts de crimes da vida real – como o fenômeno Serial –, Truth be told é baseado em Are you sleeping?, livro de Kathleen Barber. A criadora da série, Nichelle Tramble Spellman, explica que a ideia é enfatizar o problema de confiar apenas no ponto de vista do podcaster. “Há uma espécie de perigo do 'Velho Oeste' para esse tipo de jornalismo”, adverte, destacando que podcasts transitam “por uma área sem controle e equilíbrio”.

À medida que segredos emergem, as dúvidas aumentam sobre o trabalho de Poppy. “A verdade pode ser tristemente moldada de acordo com a lente por meio da qual você vê o mundo”, pondera Octavia Spencer.

A atriz e o colega de elenco Aaron Paul apreciam podcasts – em particular o popular Serial, comandado por Sarah Koenig. A jornalista americana investigou novamente o caso de Adnan Syed, condenado à prisão perpétua por estrangular a ex-namorada em 1999. Ele jura inocência e Koenig jogou novas luzes sobre a tragédia.

Spencer detecta elementos de narcisismo em Syed, enquanto Paul questiona se a repórter desenvolveu sentimentos românticos pelo condenado. Os atores chamam a atenção para o dano que pode ser causado por especulações amplificadas pela internet e ao se tomar como “fatos” informações veiculadas em podcasts policiais.  


Publicidade