Publicidade

Estado de Minas

Com texto de Plínio Marcos, 'O homem do caminh'o estreia em BH

Peça dirigida por Eduardo Moreira e estrelada por Carluty Ferreira presta homenagem ao autor paulista


postado em 07/11/2019 04:00 / atualizado em 06/11/2019 20:24

(foto: Ricardo S. Goncalves/Divulgação)
(foto: Ricardo S. Goncalves/Divulgação)

O homem do caminho 
Homenagem a Plínio Marcos

Com texto de Plínio Marcos (1935-1999) e direção de Eduardo Moreira, o ator Carluty Ferreira (foto) sobe ao palco da Funarte (Rua Januária, 68, Floresta) de quinta a sábado, às 21h, e domingo, às 20h, para interpretar O homem do caminho. O espetáculo conta a história de Iur, que tem três nomes, sendo que um deles é desconhecido pelo próprio personagem para enganar a morte, pois quando chegar a sua vez não vai escutar o chamado. Iur é um cigano contador de histórias que diverte os que estão à sua volta e, ao mesmo tempo, prova a reflexão sobre o comportamento humano. Após 20 anos da morte de Plínio, a peça é uma homenagem ao autor e estará em circulação nacional pela Companhia Produz Ação Cênica – Casarão. A montagem fica em cartaz até 17 de novembro. Ingressos R$ 44 (inteira) e R$ 22 (meia). Antecipado nos postos do Sinparc: R$ 20. Informações: (31) 3213-3084.


(foto: Sylvio Coutinho/Divulgação)
(foto: Sylvio Coutinho/Divulgação)

Arte do encontro
Pedra Azul e Laranjeira

O ator, cantor, compositor e apresentador Saulo Laranjeira se encontra com seu conterrâneo Paulinho Pedra Azul (foto) nesta sexta-feira (8), às 21h, no Cine Teatro Brasil Vallourec – Avenida Amazonas, 315, Centro. No show Arte do encontro: Paulinho Pedra Azul e Saulo Laranjeira, Pedra Azul interpreta os seus maiores sucessos, enquanto Laranjeira apresenta uma mistura de cultura popular, além de poesia e interpretação de seus principais personagens. O show celebra os 30 anos do programa Arrumação, idealizado e apresentado por Laranjeira, e dos 35 anos de carreira de Pedra Azul. Os dois se apresentam acompanhados por Alexandre da Mata (violão e guitarra), Fabiano Zan (flauta e sax), Serginho Silva (percussão) e Clóvis Aguiar (teclados). Ingressos: R$ 120 (plateia I, inteira) e R$ 100 (plateia II, inteira). Informações: (31) 3201-5211.


(foto: Rafael Motta/Divulgação)
(foto: Rafael Motta/Divulgação)

Fabio Martino
NA FILARMÔNICA

O pianista Fabio Martino (foto) se apresenta com a Orquestra Filarmônica nesta quinta (7) e sexta (8), às 20h30, na Sala Minas Gerais – Rua Tenente Brito Melo, 1.090, Barro Preto. O músico interpretará o Concerto para piano nº 1 em fá sustenido menor, op. 1, de Rachmaninov. Sob regência do maestro Fabio Mechetti, a orquestra explora, pela primeira vez, as emoções românticas e a busca pelas novas sonoridades contidas na Sinfonia nº 2, op. 16, Os quatro temperamentos, de Nielsen. Abrindo o programa das duas noites, a Filarmônica faz a estreia da obra Memória do cardume, encomendada ao vencedor do Festival Tinta Fresca 2018, Martim Butcher. Entradas: R$ 46 (coro), R$ 52 (balcão palco e mezanino), R$ 70 (balcão lateral), R$ 96 (plateia central), R$ 120 (balcão principal), R$ 140 (camarote par). Meia-entrada na forma da lei. Informações: (31) 3219-9000.


(foto: Nanda Chagas/divulgação)
(foto: Nanda Chagas/divulgação)

Mulheres na Música
Beatles e Clube da Esquina

O Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade, 640, Funcionários) recebe nesta quinta-feira (7), às 19h, dentro da série Mulheres na Música, com a curadoria da Orquestra Ouro Preto, as cantoras Jurema e Nair de Cândia, acompanhadas ao violão pelo maestro Jaime Alem (foto), na apresentação Os dias eram assim. O repertório é de músicas das décadas de 1960 e 1970, com canções de Beatles e Clube da Esquina, entre outros, com inspiração na canção Aos nossos filhos, de Ivan Lins e Vitor Martins. Entrada franca. Informações: (31) 3308-4000.

Yamí
Baile

O Espaço Do Ar (Rua Amoroso Costa, 32, Santa Lúcia) apresenta nesta quinta-feira (7), às 20h, o Baile do Yamí, com fusões de ritmos regionais afro-brasileiros, música erudita e a contemporaneidade da música eletrônica. Esta é uma entre diversas definições para o Yamí, dupla formada pelo celista italiano Federico Puppi e o percussionista baiano Marco Lobo. Entrada: R$ 15. Informações: (31) 98517-0928.

Manu Lafer
convida Toninho Horta

O palco d'A Autêntica (Rua Alagoas, 1.172, Savassi) recebe nesta quinta-feira (7), às 21h, Manu Lafer & banda com o show Indo pra Minas, cujo convidado especial é o cantor, compositor e guitarrista mineiro Toninho Horta. A abertura fica a cargo de Marco Garcia Trio. Lafer é cantor, compositor e pediatra. Ingressos a R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia), R$ 160 (mesa pista para 4 pessoas). Informações: (31) 3654-9251.


Publicidade