Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

De volta ao trono

Com um recorde de 32 indicações ao Emmy, Game of thrones ajuda a HBO a liderar a disputa pelos troféus do 'Oscar da TV', posto que havia perdido para a Netflix no ano passado


postado em 17/07/2019 04:07

Game of thrones quebrou ontem o recorde do maior número de indicações, que pertenceu a Nova York contra o crime durante 25 anos (foto: FOTOS: HBO/DIVULGAÇÃO)
Game of thrones quebrou ontem o recorde do maior número de indicações, que pertenceu a Nova York contra o crime durante 25 anos (foto: FOTOS: HBO/DIVULGAÇÃO)

Foi como um tapa de luva na direção dos milhões de telespectadores que saíram para lá de insatisfeitos com o fim de Game of thrones – e correram para o Twitter para reclamar e até “exigir” a refilmagem da última temporada da série. A saga da HBO recebeu ontem 32 indicações ao Emmy 2019. Não é só o maior número de indicações desta edição (a 71ª) do maior prêmio da TV americana. É também o recorde de indicações de uma série num único ano.

GoT desbancou Nova York contra o crime, que detinha essa marca havia 25 anos, quando recebeu 27 indicações. Com a edição de 2019, Game of thrones passa a ter, em sua trajetória no Emmy, um total de 161 indicações. Em 2015 e em 2016, a produção recebeu 12 prêmios (em cada um dos anos), o que fez dela a série a vencer o maior número de prêmios em uma única temporada.

A cerimônia de premiação deste ano será em 22 de setembro. Pela primeira vez em mais de uma década, o prêmio não terá nenhum apresentador, assim como ocorreu com a mais recente edição do Oscar. A ideia é que atores e atrizes façam um revezamento na apresentação e entrega dos troféus.

Com o número impressionante de GoT, a HBO voltou ao topo. Até 2018, quando foi suplantada pela Netflix, a tradicional emissora a cabo havia liderado as indicações ao Emmy. Retornou ao pódio agora, com 137 – contra 117 da plataforma de streaming.

Entre outras produções da HBO que figuram entre as campeãs de indicações estão a minissérie Chernobyl (com 19) e a comédia (Barry, com 17). Em sua terceira temporada, a série sobre um assassino de aluguel que sonha em se tornar ator em Los Angeles perdeu para a produção da Amazon Prime Video The marvelous Mrs. Maisel. Bem cotada e recheada de prêmios desde sua estreia, em 2017, a comédia estrelada por Rachel Brosnahan sobre uma dona de casa nova-iorquina dos anos 1950 que decide tomar as rédeas de sua vida recebeu 20 indicações.

Na seara das comédias, a surpresa foi para a produção canadense Schitt's creek. Inédita no Brasil, a série, que está em sua quinta temporada (com a sexta confirmada para 2020), foi pela primeira vez indicada ao Emmy. Recebeu sete indicações e vai competir na categoria de melhor comédia, ao lado do peso-pesado Veep (que teve sua derradeira temporada exibida no primeiro semestre) e de queridinhas do público, como Fleabag, The good place e Boneca russa. Schitt's creek acompanha a família Rose, proprietária de uma rede de videolocadoras que perde tudo depois que um dos sócios se envolve numa fraude financeira.

Outra surpresa entre as indicações foi para o documentário Homecoming – A film by Beyoncé. Lançado pela Netflix, o longa-metragem escrito, dirigido e produzido pela Queen Bey recebeu seis indicações. Também foram muito reconhecidas as minisséries Olhos que condenam (16 indicações) e Escape at Dannemora (12 indicações). The handmaid's tale recebeu 11, enquanto Better call Saul e Killing Eve ficaram com nove cada uma.

Entre as esnobadas pelo Emmy estão The big bang theory. O sitcom, que encerrou sua trajetória de 12 anos recentemente, só foi indicado na categoria direção de série de comédia (para Mark Cendrowski, diretor do episódio final). Já Homecoming, a fantástica série da Amazon Prime que levou Julia Roberts para a TV, nem sequer uma indicação levou.

Campeões de indicações

32 
para Game of thrones (drama)


20 
para The marvelous Mrs Maisel (comédia)



19
para Chernobyl  (minissérie) 


para Homecoming – A film by Beyoncé (documentário)


137 
para HBO (canal de TV)


117 
para Netflix (plataforma de streaming)




Publicidade