Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Terceira temporada de 'Stranger things' é a mais sangrenta e emocionante

A entrada na adolescência provoca mudanças na relação de amizade dos protagonistas, que convivem também com novos fenômenos estranhos


postado em 12/07/2019 04:08

A terceira temporada da série da Netflix termina com um gatilho certeiro para mais uma sequência de episódios(foto: Netflix/divulgação)
A terceira temporada da série da Netflix termina com um gatilho certeiro para mais uma sequência de episódios (foto: Netflix/divulgação)

Se a segunda temporada de Stranger things, lançada há dois anos, terminou em clima de paquera no baile de fim de ano, a terceira, liberada pela Netflix na última quinta-feira, começa mais quente. A história se passa seis meses depois, no verão de 1985, e alguns dos personagens principais vivem um romance ardente. É o caso de Eleven (Millie Bobby Brown) e Mike (Finn Wolfhard).

Os três primeiros episódios mostram como os jovens encaram as mudanças comportamentais ocasionadas pela chegada da adolescência, paralelamente à ocorrência de novos fenômenos sobrenaturais em Hawkins. O romance excessivamente grudento de Mike e Eleven desagrada aos outros amigos, que perdem a companhia do jovem casal, e também o delegado Hooper (David Harbour), pai adotivo da menina superpoderosa. Enquanto isso, o Devorador de Mentes, criatura destrutiva de outra dimensão, já conhecida da temporada anterior, dá sinais de que está por perto, dando o tom de suspense.

Na primeira metade da temporada ainda é apresentado um novo mistério, envolvendo um shopping recém-inaugurado na cidade, onde Steve Harrington (Joe Keery) começou a trabalhar como atendente de uma sorveteria. Lá ele tem a companhia da inteligente Robin (Maya Hawke), que é a grande novidade entre os personagens. Junto com Dustin (Gaten Matarazzo), eles iniciam uma investigação e acabam descobrindo um perigoso inimigo por ali.

A partir do quarto e quinto episódios, todas as subtramas começam a se entrelaçar, aumentando a ação e construindo um desfecho que torna Stranger things 3 a sequência mais sangrenta e emocionante até aqui. Mantendo o bom humor e a coleção de referências oitentistas, a história deixa o gatilho para uma nova temporada, com a relação de amizade entre os protagonistas fortalecida e a iminência de “coisas estranhas” voltarem a acontecer.

Pedro Galvão, jornalista


Publicidade