Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

A turma dos Cafaggi


postado em 07/07/2019 04:07

Vitor e Luciana Cafaggi ajudaram a criar o novo filme da Turma da Mônica(foto: Paula Markiewicz/divulgação)
Vitor e Luciana Cafaggi ajudaram a criar o novo filme da Turma da Mônica (foto: Paula Markiewicz/divulgação)

Os quadrinistas Vitor e Luciana Cafaggi criaram três histórias para o novo filme da Turma da Mônica, atração em várias salas de cinema em BH. Quando a dupla fez seu primeiro trabalho, em 2009, Luciana ainda estava começando. “Laços foi a primeira história da gente. Sempre fomos amigos, um sempre respeitou o outro. Não temos problema de ego, um não quer se impor ao outro. É bem tranquilo, pois há confiança”, garante Vitor.

Enquanto criava quadrinhos para o filme de Mauricio de Sousa, Vitor mostrava tudo para a irmã. “Se algo não estava legal, ela me ajudava a consertar, sem questionar. Sempre ouvimos o que o outro tem a dizer”, conta. “É tranquilo, a gente consegue produzir mais trabalhando juntos. Sempre peço a opinião dela.”

O projeto com a Turma da Mônica começou quando Vitor Cafaggi participou de uma coletânea em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa. “Fiz uma história curta do Chico Bento, que teve repercussão muito boa. Aí me chamaram para esse trabalho recente, com a Lu desenhando e me ajudando no roteiro.”

DISCIPLINA Luciana Cafaggi adora a parceria com o irmão. “Ele me ensinou muito, mesmo antes de começarmos a trabalhar juntos. Tudo o que sei de importante sobre desenho foi o Vitor que me passou. Ele é muito profissional, tem disciplina, organização e responsabilidade.”

Os dois comemoram a parceria no filme Laços. “Procuro fazer as coisas direito, pois aprendi com ele. É ótimo estarmos juntos, principalmente em projetos assim, pois a gente tem de conviver com os leitores, viajar e participar de lançamentos. Sempre fomos os melhores amigos”, revela Luciana.

A quadrinista garante: não há rivalidade. “Pensamos da mesma maneira, trabalhamos de um jeito parecido. Começamos o projeto da Mônica em 2013, criando a história, desenvolvendo o design dos personagens, diferente do tradicional. Fizemos tudo juntos”, conclui Luciana.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade