Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Helvécio Carlos


postado em 13/05/2019 05:05

Christiane Torloni entre o estilista Ronaldo Fraga e Miguel Przewodowski na estreia de Amazônia %u2013 O despertar da florestania, no Cine Belas Artes. Christiane e Miguel assinam a direção do documentário(foto: Luiz Fernando Coutinho/Divulgação)
Christiane Torloni entre o estilista Ronaldo Fraga e Miguel Przewodowski na estreia de Amazônia %u2013 O despertar da florestania, no Cine Belas Artes. Christiane e Miguel assinam a direção do documentário (foto: Luiz Fernando Coutinho/Divulgação)


CAFÉ
GUIA POR MINAS


Com o sucesso do livro Minas Gerais – Fazendas e sabores do café, lançado em 2017, Patrícia Soutto Mayor e Clésio Barbosa viram que seria inevitável retornar ao tema. Para atender aos leitores, ávidos por informações sobre as fazendas, a dupla lança amanhã, às 19h no BDMG, o guia Rota do café em Minas Gerais. Em 280 páginas está a história de 30 fazendas e dicas das cidades onde estão localizadas. Patrícia conta que o trabalho foi realizado em oito meses, sempre aos finais de semana. Para cortar o estado de Norte a Sul, ela e Clésio rodaram 16 mil quilômetros.
>>>

O ponto alto são as fazendas, mas, cuidadosos na edição, Patrícia e Clésio fizeram o levantamento de curiosidades como, por exemplo, o Museu do Automóvel de Carmo da Mata. “É uma coisa maravilhosa. Deveria estar em Nova York”, observa Patrícia, que se encantou à primeira vista com o espaço. Entre as fazendas, a autora do guia elogia a Monte Alto, que pertenceu ao Barão das Dores de Guaxupé. “Os jardins em estilo inglês são cinematográficos”, comenta. Nada escapou ao olhar de Patrícia. Nem mesmo as estradas por onde passou. “Fiquei fascinada com o trecho entre Conselheiro Lafaiete e Araponga, localidade que não conhecia, onde está localizada a fazenda Pedra Redonda”, afirma.

CIRCUITO DO OURO
O TOM DA TAKAI


Fernanda Takai é a convidada especial da Orquestra Ouro Preto na série de apresentações gratuitas em Nova Lima, Caeté, Sabará e Santa Bárbara, no período de 28 de junho a 14 de setembro. A turnê marca os 185 anos da AngloGold no Brasil. No repertório, clássicos do repertório de Tom Jobim. Curiosidade: o pai de Fernanda trabalhou por muitos anos na mineradora de ouro.

BRAZILFOUNDATION
A ARTE DE INCLUIR

Jantar dos mais esperados em Belo Horizonte, o Gala Minas Gerais será marcado pela emoção, entre apresentações e homenagem. Crianças e adolescentes do Grupo de Teatro Soul Assim e o Coral Voz Ativa, ambos do Instituto Mano Down, preparam surpresa inspirada em cena de um musical brasileiro. Por merecimento inquestionável, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais será reverenciado pelo trabalho que segue fazendo em Brumadinho, mais de 100 dias depois do rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, da Vale. A arquiteta e designer Juliana Lima Vasconcellos cantará acompanhada de Izabella Tavares, ao piano, durante a homenagem. A Corporação Musical Banda São Sebastião, de Brumadinho, também fará uma participação.

>>>

O Insituto Gerson Bartolomeo será o patrocinador master do Gala da BrazilFoundation deste ano. Vírginia Bartolomeo, fundadora do instituto, apoia a causa da BrazilFoundation desde 2016. Ela, inclusive, participará pela segunda vez da capacitação dos líderes dos projetos sociais apoiados pela fundação no festival da Associação Brasileira de Captadores de Recursos, em São Paulo.

>>>

Marcado para 7 de junho, na Casa Tua, o Gala Minas Gerais vai reunir um time de peso: Isabella Fiorentino como apresentadora; Andrea Dellal, Francisco Costa e Samantha Schmütz no comando do leilão; Gabriela Pepino no show de encerramento da noite, que terá como homenageado o médico Henrique Moraes Salvador Silva, do Mater Dei.

>>>

Os recursos adquiridos no jantar vão apoiar o Centro de Educação Para o Trabalho Virgílio Resi (Ceduc), Associação Querubins, Fundação Benjamin Guimarães – Hospital da Baleia e Instituto Minas pela Paz, de Belo Horizonte; Onda Solidária, de Santana do Deserto; Instituto Mano Brown e História em Construção, ambos em Belo Horizonte.

 

Na talento...

 


Publicidade