Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Cult...


postado em 24/04/2019 05:07

(foto: Milena do Carmo/divulgação)
(foto: Milena do Carmo/divulgação)
CANÇÕES INGRATAS
Marcos Sandália & Meia


Canções ingratas, segundo EP do cantor e compositor mineiro Marcos Sandália & Meia (foto), será lançado hoje (24), às 19h30, no Centro Cultural da UFMG (Av. Santos Dumont, 174, Centro). Em formato de piano e voz, o repertório inclui canções autorais do novo trabalho, além de inéditas. O álbum é resultado de uma campanha de financiamento coletivo, e já está disponível nas plataformas digitais. A apresentação integra o Projeto Recitais. Entrada franca. Informações: (31) 3409-8290.

ARTE URBANA
ALICE PASQUINI

A artista plástica italiana Alice Pasquini participa do bate-papo Muros limpos, povos mudos, nesta quarta-feira (24), na Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10, Funcionários). Durante o encontro, ela abordará a transformação da arte urbana em relação às atuais formas de interação entre diferentes semióticas e à emergência das novas mídias – dos grafites a outros sistemas expressivos. O encontro será realizado às 19h30, com entrada franca. Informações: (31) 3289-8900.

CANNES
longa brasileiro


O longa Sem seu sangue, dirigido pela carioca Alice Furtado, figura na lista dos filmes selecionados para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes. No total, 24 longas serão exibidos entre 15 e 25 de maio, como parte da mostra, que é independente e não competitiva. Sem seu sangue é o primeiro longa de Alice, conhecida pela direção dos curtas Duelo antes da noite e A rã e Deus. Na trama, Luiza Kosovski é Silvia, uma adolescente introspectiva que muda ao conhecer Artur (Juan Paiva), recém-chegado à sua escola após ser expulso de outras instituições. Apesar de vigoroso, Artur tem uma doença hereditária que compromete a capacidade do corpo em formar coágulos sanguíneos e estancar hemorragias.

FEMINISMO
MUSEU DE MODA


“Roupas subversivas e feminismo” é o tema da aula que será ministrada pela professora Valeria Said, dos movimentos Fashion Revolution e Quem Ama Não Mata, nesta quarta (24), no Museu da Moda. A atividade será realizada das 19h às 21h, como parte do Projeto Aula Aberta. A participação é gratuita, mediante retirada de senhas 30 minutos antes. Não é necessária inscrição prévia. O museu fica na Rua da Bahia, 1.149, Centro. Informações: (31) 3277-9248.

MPB
SHOWS


Hoje, às 21h, Sanduck Brasil, Marcelo Drummond e Mário Coutinho se encontram no palco de o Bar do Museu Clube da Esquina (Rua Paraisópolis, 738, Santa Tereza) para cantar clássicos da Música Popular Brasileira. O repertório inclui canções de Lulu Santos, Djavan, Toninho Horta e Milton Nascimento. Ingressos custam R$ 10. Amanhã (25), será a vez da cantora e compositora Julia Ribas interpretar os grandes sucessos da MPB, no mesmo horário. Abertura da casa a partir das 19h. A entrada custa R$ 15 com nome na lista e R$ 20 na portaria. Informações: (31) 2512-5050.

DOCUMENTÁRIOS
MOSTRA

Documentários emblemáticos do cinema nacional e internacional têm sido exibidos ao longo deste mês no MIS Cine Santa Tereza (Rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza), como parte da Mostra Cine Documenta. Nesta quarta (24), a sessão é com Corpo delito (2017), de Pedro Rocha. A produção acompanha a rotina de Ivan, um homem inconformado que, mesmo depois de ganhar o direito de sair da cadeia, continua preso a uma tornozeleira eletrônica. Já amanhã (25), é a vez de A negação do Brasil (2000), de Joel Zito Araújo. As sessões são realizadas às 19h30, com entrada franca. Informações: (31) 3277-4699.

BRASCUBAZZ
primeiro álbum


Choro, baião, samba, chácháchá e mambo ditam o tom do primeiro álbum do grupo instrumental mineiro Brascubazz (foto), que será lançado nesta quarta (24), às 20h30, no Núcleo de Estudos de Cultura Popular. O grupo é formado por Rafael Leite, Bosco de Oliveira, Gilles Villeneuve, Bruno Malaguti, Tiago Ramos, Juventino Dias e Danillo Mendonça. No palco, os músicos promovem integração dos diversos ritmos latinos com tradicionais expressões da música brasileira, a partir de recursos do jazz. O Necup fica na Av. Nossa Senhora de Fátima, 3.312, Prado. A entrada custa R$ 20, com direito ao CD. Informações: (31) 3295-0716.


Publicidade