Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Helvécio Carlos


postado em 02/03/2019 05:10

Com 20 metros de comprimento, o jacaré, símbolo do bloco Chame o Síndico, será uma das atrações do desfile marcado para domingo pela manhã, com concentração em frente ao Mineirão(foto: Túlio Santos/EM/D.A PRESS)
Com 20 metros de comprimento, o jacaré, símbolo do bloco Chame o Síndico, será uma das atrações do desfile marcado para domingo pela manhã, com concentração em frente ao Mineirão (foto: Túlio Santos/EM/D.A PRESS)

NA PAMPULHA
JACAREZINHO! AVIÃO!

Uma das novidades do bloco Chama o Síndico é a presença do jacarezinho, símbolo do bloco, em versão cabeça de papelão e corpo com 20 metros de tecido colorido, a cara da folia. “Como este ano estamos indo para a Pampulha, onde tem um jacarezão, decidimos levar o nosso jacarezinho também”, brinca Renata Chamilet, numa referência ao jacaré da Lagoa da Pampulha. A alegoria foi encomendada a Gustavo Nébias, da Mobri – Estúdio Criativo. “Conheci o trabalho dele no Instagram. Achei moderno, a cara do Chama o Síndico”, disse ela. Bastaram algumas trocas de mensagens no direct da rede social para a ideia tomar corpo. No desfile, que tem direção de arte de Paula Manata, o jacarezinho vai compor a evolução do bloco ao lado de trupe de perna de pau, malabaristas, o Favelinha Dance e o Sindicato Inclusivo, projeto de inclusão social do Chama o Síndico.

DE OLHO NA FOLIA
CONFRARIA CERVEJEIRA

Em parceria com o bloco Me Bebe Que Sou Cervejeiro, a confraria As Minas Cervejeiras fará participação especial no cortejo com o beer truck da Läut Beer. O bloco sairá terça-feira, com concentração na Rua Sergipe, esquina com Avenida Brasil, a partir do meio-dia. A confraria surgiu a partir da reunião de 12 amigas, apaixonadas pela cerveja artesanal. O grupo cresceu, tem 60 mulheres que, além de se reunir para degustar e harmonizar rótulos e pratos, também produzem a própria cerveja artesanal.

NAS ALTURAS
A VOLTA DA TIROLESA

Depois de dois anos fechada, a maior tirolesa em extensão de Minas Gerais e a maior entre as capitais brasileiras está de volta. A partir de hoje, os aventureiros podem incrementar o carnaval com dose extra de adrenalina em uma descida de 800 metros e velocidade que pode atingir 100km/h. O ponto de largada é o Mirante do Mangabeiras e a chegada na Praça de Esportes do Parque das Mangabeiras. O agendamento pode ser feito pelos sites www.tirolesabh.com.br e www.sympla.com.br ou no próprio mirante. Há serviço de vans gratuitas do estacionamento do parque ao mirante, serviço disponível também para os visitantes que só desejarem contemplar a vista. Além de espírito aventureiro, é preciso também ter comprovante de vacina contra febre amarela.

EM FAMÍLIA
NO VILA DA SERRA

Há três anos, Gustavo Zech viu na região onde morava, o Bairro Vila da Serra, um ótimo espaço para montar o seu bloco de carnaval. Em um mês ao lado de Daniel Zago, conseguiu levantar toda a estrutura em uma festa que agrada aos pais e os filhos pequenos. Amanhã, a meninada curte o Carna Vilinha, das 10h às 14h. Os adultos curtem a folia das 14h às 22h. “Conseguimos reunir um público de 30 e 45 anos que não encara as multidões dos blocos. Ano passado, cerca de 80% do público era conhecido”, diz Gustavo, que, com a turma do Secreto, espera receber 3.500 pessoas.

>>>

Para animar a festa no Carna Vilinha, DJ Cateb, blocos infantis e espaço kids. Já no Carna Vila, DJ Cacá de Brito, a bateria do mestre Memeu, de Salvador, Meu Rei e Deixa comigo.

NO BLOQUINHO DA LAND
MAIS UM DIA DE FOLIA

O carnaval da Land Spirit, que a princípio teria programação apenas para dois dias, vai ganhar noitada extra segunda-feira com o pagode da banda Atitude 67. Amanhã, a atração é o bloco carioca Fica Carioca e na sexta-feira pós-carnaval tem o Baile da Land.

 


Publicidade