Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Política para crianças


postado em 27/01/2019 05:08

O vermelho, espetáculo que usa a linguagem das máscaras aborda a política de maneira divertida(foto: Webster Moreira/Divulgação)
O vermelho, espetáculo que usa a linguagem das máscaras aborda a política de maneira divertida (foto: Webster Moreira/Divulgação)

A Patela Cia. de Teatro e Dança desenvolve pesquisa de teatro físico, buscando criar uma linguagem própria em que cada intérprete seja também autor e criador. No espetáculo infantil O vermelho, em cartaz no CCBB, os atores usam máscaras para criar personas bem definidas e divertidas para abordar a política de maneira didática, para que as crianças e jovens possam elaborar uma visão crítica e cidadã. Marina Vianna e Robson Vieira se inspiraram na obra do dramaturgo romeno Matei Visniec, marcada por uma visão crítica da sociedade e temas atuais.

No enredo, quatro criaturas vindas de lugares distintos, carregadas pelas questões de seus mundos antigos, decidem entrar em uma embarcação e buscar um novo lugar para viver. O objetivo é criar uma sociedade nova, em que paz, harmonia e igualdade sejam bem de todos. A peça conta com um narrador, com linguagem que remete aos disquinhos com histórias infantis. O contraste entre mundo lúdico e idealizado na voz do narrador e a realidade percebida pelos personagens é a chave para deflagrar questionamentos de maneira leve, divertida, mas muito séria. A partir desse momento, as crianças vão ajudar a criar essa sociedade ideal.

O VERMELHO
De Marina Vianna e Robson Vieira. Direção: Robson Vieira. Com Cláudio Márcio, Janaína Morse, Maria Teresa Costa e Renato Gualberto. CCBB. Praça da Liberdade, 450, Funcionários, (31) 3431-9400. Hoje, 11h. R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).


Publicidade