Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Bafta destaca A favorita


postado em 10/01/2019 05:05

(foto: FOX FILMS/DIVULGAÇÃO )
(foto: FOX FILMS/DIVULGAÇÃO )


A favorita, do diretor grego Yorgos Lanthimos, drama histórico sobre as intrigas na corte da rainha Anne no século 18, e sobretudo seu envolvimento com uma cortesã e uma criada, é o recordista de indicações à edição 2019 do Bafta, o “Oscar britânico”, com 12 no total. O triângulo amoroso marcado por ambições políticas tem Olivia Colman no papel da rainha, e Rachel Weisz e Emma Stone disputando a preferência da monarca.

Colman venceu o Globo de Ouro no domingo passado e fez um discurso hilário, no qual se referiu às duas companheiras de elenco como suas “vadias”. Ela está indicada ao 72º Bafta, cuja cerimônia de entrega dos prêmios está prevista para 10 de fevereiro. A estreia de A favorita no Brasil está prevista para o próximo dia 24.

Bohemian rhapsody, a cinebiografia de Freddie Mercury e do Queen, que também saiu premiado do Globo de Ouro, teve sete indicações ao Bafta. Mas a surpresa ficou com Nasce uma estrela, de Bradley Cooper, que também teve sete indicações, mas, à diferença de Bohemian rhapsody é uma produção americana, e não britânica.

Roma, de Alfonso Cuarón, concorre na categoria principal (melhor filme), além de melhor filme estrangeiro. Vice, sobre o vice-presidente norte-americano da Era Bush Dick Cheney, teve seis indicações, e Infiltrado na Klan, cinco.

Os vencedores serão anunciados em uma cerimônia no Royal Albert Hall, em Londres, duas semanas antes do Oscar americano. (AFP)


Publicidade