Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Fios limpos sem xampu


postado em 12/05/2019 05:05

A professora de inglês Thayná Carvalho notou a diferença logo na primeira lavagem(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A professora de inglês Thayná Carvalho notou a diferença logo na primeira lavagem (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

À primeira vista, a ideia pode parecer um tanto estranha, mas abrir mão do xampu pode ser uma boa pedida. Isso porque a maioria dos produtos de higienização contém na fórmula agentes que não apenas limpam os fios, mas também retiram óleos e lipídios fundamentais para a saúde dos cabelos.
Pensando em minimizar essa perda, tem se popularizado a adoção da técnica co-wash, que consiste basicamente em lavar o cabelo apenas com condicionador. Assim como os xampus, esses produtos também contêm substâncias capazes de fazer a higienização dos fios – a diferença é que essa limpeza é mais leve, preserva a oleosidade natural e não agride tanto o cabelo.
Adepta da técnica desde que assumiu os cachos, a professora de inglês Thayná Carvalho, de 24 anos, notou a diferença logo na primeira lavagem com a técnica. “Sinto que o cabelo não fica tão ressecado. Faço de uma a duas vezes por semana e é muito prático. Para quem vive com pressa e sem tempo, é incrível. Basta saber usar o produto de forma correta”, conta.
Apesar de ser um adendo do no-poo e low-poo – técnicas nas quais usa-se produtos com pouco ou nenhum sulfato e petrolatos na composição –, o co-wash também pode ser feito por quem não adere a elas. Basta escolher um condicionador que se adeque às restrições – livres de parafina, silicones insolúveis em água e petrolatos – e aplicar normalmente durante o banho, massageando bem o couro cabeludo.
O cabeleireiro Maycon Souza de Menezes explica que, mesmo não havendo contraindicações, a eficiência da técnica é maior em cabelos cacheados e crespos, visto que são naturalmente mais ressecados. “Pessoas que têm seborreia ou doenças de descamação do couro cabeludo podem não se dar muito bem com o co-wash. No mais, ela é bem eficiente. Deve haver o cuidado apenas de usar o condicionador correto e esfregar e enxaguar bastante o couro cabeludo para que ele não seja obstruído.”
Mesmo que no mercado já existam diversos produtos condicionantes capazes de fazer a limpeza adequada, Maycon não recomenda abolir radicalmente o xampu, pois, além de limpar, o produto tem a função de abrir a cutícula, essencial para eficiência da ação de máscaras de tratamento, por exemplo.
“Podemos diminuir o uso para uma vez por mês. De preferência, quando for fazer um tratamento, seja ele uma hidratação, seja uma reposição de massa. E, para que esses tratamentos sejam eficientes, é necessário um xampu com uma boa tecnologia”, completa o afrostylist.

* Estagiária sob a supervisão da subeditora Sibele Negromonte


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade