Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

conta-gotas


postado em 03/02/2019 05:04

(foto: Pixabay/Divulgação )
(foto: Pixabay/Divulgação )







Como se livrar
das espinhas

Uma das coisas mais frustrantes que existe é dormir com a pele limpa e radiante e acordar com uma espinha gigante no rosto. Pior ainda quando ela é dolorida e inchada. Essa é a hora de contra-atacar para reduzir o inchaço e a vermelhidão. “Mas é necessário ter cuidado, porque substâncias que secam a pele em demasia podem piorar o quadro”, afirma o dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Uma recomendação do especialista é usar o ácido salicílico. Para reduzir o inchaço, segundo ele, basta aplicar o gelo envolto em um tecido ou bolsas pequenas de gelo por alguns minutos. O dermatologista alerta que não é recomendável estourar a espinha e, em casos mais severos de acne, é necessário o uso de medicamentos via oral, como antibióticos, corticoides e anti-inflamatórios, para controlar a infecção e a inflamação, sempre receitados por dermatologista.



Ceratocone pode ser corrigida com óculos ou lentes de contato especiais


O ceratocone é uma doença ocular que deve ser investigada quando há histórico familiar, além de piora da visão, principalmente associada ao desenvolvimento de miopia e astigmatismo. Geralmente, os sintomas aparecem durante o fim da infância ou puberdade e incluem visão embaçada e sensibilidade à luz e à claridade. A doença, de modo geral, afeta ambos os olhos, mas, normalmente, de forma desigual, e pode levar a uma visão diferente entre eles. “No estágio inicial, os sintomas do ceratocone podem incluir aumento rápido da miopia e do astigmatismo; perda da nitidez da visão e imagem fantasma, sobretudo em ambientes com luz artificial ou durante a noite”, alerta o médico e professor de oftalmologia Bruno Lovaglio Cançado Trindade. Nos estágios mais avançados os sintomas podem se agravar e o tratamento da doença depende do seu estágio. “Quando a irregularidade for leve, a visão pode ser corrigida com óculos. Em graus mais avançados, podem ser necessárias lentes de contato especiais para ajudar a melhorar a visão.”



Entenda o câncer bucal

Amanhã é o Dia Mundial do Câncer. No Brasil, um tipo de câncer tem chamado a atenção da sociedade: o câncer bucal. A doença registra 14 mil novos casos por ano no país, matando mais de 4 mil brasileiros anualmente. O diagnóstico precoce pode ajudar a salvar vidas. O dentista é o profissional que tem mais chances de detectar primeiro a patologia. É preciso estar atento aos primeiros sinais. De acordo a professora e pesquisadora do Instituto Wsei em Portugal e fundadora do Instituto Patrícia Valério, Dra. Patrícia Valério, uma afta que persiste por mais de duas semanas, manchas brancas ou vermelhas que aparecem espontaneamente ou mesmo nódulos que começam como caroços pequenos mas que adquirem volume discreto a ponto de serem perceptíveis, podem ser formas de manifestação da doença. “Daí a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Quando detectados na fase inicial, principalmente as neoplasias, têm de 80% a 90% de chances de cura”, alerta a pesquisadora, que dá dicas de como prevenir esse tipo de câncer:

– evitar bebidas alcoólicas, principalmente se você for fumante;
– não fumar;
– visitar o dentista regularmente;
– ter alimentação saudável;
– ter boa higiene bucal;
– manter dentes e próteses sempre em bom estado;
– evitar exposição ao sol ou usar protetor labial;
– fazer sexo oral apenas com proteção (camisinha).



Postura e respiração
ajudam a relaxar

Retomar a rotina sem perder os benefícios do período de descanso logo no primeiro dia de trabalho pode ser muito desafiador, mas é possível. Armelle Champetier, diretora da Yogist no Brasil, desenvolveu um método de ioga corporativo, pensado para quem fica longas horas em frente ao computador, e separou alguns exercícios para ajudar você a relaxar:

» Adote a postura sentada correta: coloque a planta dos pés firme no chão, pés afastados na largura do quadril, joelhos formam um ângulo de 90 graus. Rolando os glúteos para trás com a ajuda das mãos, sente em cima dos ísquios e a coluna fica naturalmente mais reta. Contraindo levemente a cintura abdominal profunda, role os ombros para trás e para baixo, e, finalmente, alongue o pescoço para cima. Você terá chegado à postura sentada correta
» Respiração completa: coloque as mãos na barriga e comece a visualizar a sua respiração em três tempos: sempre pelo nariz, inspire, primeiro sentindo o ar na barriga, depois no peito e, por fim, na garganta. Repita por pelo menos cinco ciclos, procurando sempre alongar o seu ciclo respiratório, em particular na exalação.
» Alívio do pescoço: sentando reto na sua cadeira, inspire e, na exalação, deixe a sua cabeça cair para o lado direito. Deixe a gravidade agir durante pelo menos três respirações, alongando suavemente a lateral esquerda do seu pescoço. Inspire e volte para o centro. Na exalação, repita para o outro lado. De volta para o centro, exale levando o seu queixo na direção do peito. Mantenha novamente por pelo menos três respirações, sentindo a nuca se soltar aos poucos. Volte com cuidado na inspiração.




Organismo em bom funcionamento

Depois das férias, é difícil encontrar alguém que não tenha exagerado na alimentação e, principalmente, no consumo de bebidas alcoólicas durante os dias de descanso. Apesar de ser preciso disciplina para voltar à rotina, uma boa opção para retomar o bom funcionamento do organismo é apostar no efeito detox. “O detox tem como objetivo diminuir os impactos negativos de toxinas no funcionamento do corpo. O processo ocorre principalmente no fígado e, por meio de alguns nutrientes, como vitaminas do complexo B, selênio, cobre, zinco, enxofre, flavonoides, carotenoides e aminoácidos, a eliminação dessas substâncias pelo nosso organismo é potencializada”, explica Ione Leandro, nutricionista da Onodera Estética. Além disso, é recomendável que a pessoa tenha alimentação balanceada e aumente o consumo de líquidos.


Livro mostra práticas importantes contra o câncer

Todo mundo conhece alguém que já teve câncer: família, amigos, colegas de trabalho etc. Manter a esperança pode ser complicado em um momento como esse, e, por isso, Jorge Martins e Elisabete Farreca, decidiram compartilhar em Vida sem câncer – Diagnóstico não é sentença, práticas que podem ser úteis a qualquer um, destacando a necessidade de mudanças na rotina, sem se esquecer da importância dos programas de tratamento, prevenção e cura que somente podem ser alcançados com médicos e terapeutas licenciados e qualificados. O leitor vai conhecer a história de personagens reais que enfrentaram o câncer e venceram a mais cruel das batalhas: a batalha contra a morte que parece inevitável e contra o sistema que aprisiona e nos limita a enxergar nossa capacidade de regenerar o próprio corpo.





Brasil, país da ansiedade

Relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revela dados alarmantes sobre a saúde mental no mundo. Atualmente, 322 milhões de pessoas sofrem com depressão, correspondendo a 4,4% da população mundial. Somente nos últimos 10 anos, esse índice aumentou 18,4%. Os dados também sinalizam a necessidade de uma preocupação maior para o Brasil, que ocupa o primeiro lugar no ranking dos países mais deprimidos e ansiosos da América Latina. O país também tem a maior taxa de ansiedade global, que atinge 9,3% dos brasileiros. Valdecy Carneiro, psicólogo, especialista em medicina comportamental pela Unifesp e hipnoterapeuta, explica que, em dezembro e janeiro há intensificação nas campanhas de saúde mental. “As expectativas para o ano que está começando e a análise do ano que termina costumam deixar as pessoas mais angustiadas e depressivas, aumentando os índices de suicídio. As campanhas de prevenção são importantes para quem sofre com qualquer tipo de transtorno, pois reforçam a necessidade de buscar ajuda e indicam como fazê-lo”, explica Carneiro.


Publicidade