Publicidade

Estado de Minas

Festa longe da recessão


postado em 16/05/2016 00:12 / atualizado em 25/05/2016 14:51

Em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, onde há mais de meio século é realizada a Festa Nacional do Milho (Fenamilho), a previsão da organização é que apesar da crise que afeta a economia brasileira, o público se mantenha firme, com a participação de 40 mil pessoas por dia. A festa, que está em sua 58ª edição, será de 20 a 29 de maio. Os shows e rodadas de negócios devem movimentar diretamente perto de R$ 100 milhões, nos cálculos do Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas, organizador da festa agropecuária.

A festa do milho vai contar com mais de 20 shows de bandas, principalmente Munhoz & Mariano, Fernando & Sorocaba e Anitta, que abrem o primeiro dia. Outros artistas nacionais, como Lucas Lucco, Claudia Leitte, Zezé Di Camargo & Luciano, Matheus & Kauan, Wesley Safadão, Jorge & Mateus e Luan Santana também integram o roteiro. Segundo Elhon Cruvinel Borges, presidente do Sindicato Rural, a festa já conta com 20 mil passaportes vendidos e espera receber público, semelhante ao do ano passado, perto de 40 mil pessoas/dia.

Devido à crise que tem freado os gastos das famílias, a organização já prevê um menor tíquete médio no consumo. “Calculamos que a média de gastos do público deve cair em até 30%, como efeito da crise”, diz Cruvinel. A Festa do Milho, além da agenda de shows, espaço para comidas típicas, vai leiloar mais de 4 mil cabeças de gado nos leilões comuns e de elite. Este ano, a feira não vai contar com a Agrofena, onde há exposição de novidades no ramo de maquinários agrícolas e venda de tratores. A feira foi transferida para agosto.

As comidas típicas também fazem a festa dos participantes, de pamonhas a pratos gourmet feitos a partir da espiga. A festa também elege tradicionalmente a Rainha do Milho. Segundo Elhon Cruvinel, atualmente, Patos de Minas se destaca na produção de milho para sementes, que é, em sua maioria, comercializado para multinacionais do agronegócio. 


Publicidade