Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Estratégias

Erros no marketing das empresas que precisam ser corrigidos

Por mais que as estratégias de marketing das organizações sejam desenvolvidas, muitos desacertos ainda são cometidos e prejudicam insistentemente os resultados


11/07/2021 06:00

(foto: Anthony Shkraba/Pexels)
(foto: Anthony Shkraba/Pexels)

Até as grandes organizações continuam cometendo erros que podem ser considerados como básicos em suas estratégias de marketing. Muitas falhas são percebidas por quem não deveria ser atingido: os seus clientes. É alto o nível de reclamações, de sentimentos de desamparo, de decepção com os produtos ou serviços. Em muitos casos são detalhes para as empresas e coisas sérias sob o ponto de vista dos clientes.

É questão fundamental que as organizações ouçam cada vez mais os seus clientes, fornecedores, parceiros, para identificar onde possam estar havendo falhas. Elas podem estar nos níveis estratégico e tático, ou podem ocorrer no dia a dia das áreas operacionais.

A elaboração e prática do planejamento estratégico empresarial e o de marketing são pontos fracos em diversas organizações. As de pequeno porte muitas vezes não dão a devida atenção a essas metodologias de gestão, e acabam por levar a empresa sem uma direção firme, não dando a devida consideração aos fatores de mudanças de médio e longo prazo. A visão muitas vezes míope do negócio e do mercado as tornam vulneráveis, sem a devida robustez para enfrentar realidades diferentes daquelas já conhecidas.

Muitas empresas de médio porte já passaram por situações difíceis e buscam se preparar um pouco mais para as intempéries do mercado. No Brasil, as variações são muito grandes, por diversos motivos, e várias já se preparam para estar mais resilientes e suportar financeiramente os momentos difíceis, e ainda protegem a sua marca, não deixando que as mesmas fiquem comprometidas nos momentos de baixa. Outras, porém, acreditam demais no seu negócio e apostam em perdas bem menores, e acabam por pagar um preço alto por essa postura.

Empresas de porte grande normalmente são mais estruturadas em termos estratégicos, e acabam por deixar erros ocorrerem na linha de frente, em suas vendas, entregas, sistemas de atendimento, e outros.

Erros no plano de marketing, ou até mesmo a inexistência dele, trazem problemas graves no processo de relacionamento com os clientes. Sem um plano bem elaborado, cria-se um ponto fraco, na ponta, no front-end, nas áreas que lidam diretamente com o público-alvo. Surgem falta ou excesso de produtos, mau atendimento em muitos dos pontos de vendas físico, falhas nas vendas digitais, falhas nas práticas das técnicas de vendas, e muito mais.

Merecem ênfase total os erros que ocorrem na comunicação, que são muito observados nas empresas. Seja no plano das relações interpessoais, seja no processo de comunicação técnica entre as áreas. Um possível desacerto no andamento das atividades, internamente, com terceirizados, ou fornecedores, pode fazer cair o nível de cumprimento dos compromissos com os clientes, e é natural, fazendo cair vendas, devoluções e a consequente perda de clientes para os concorrentes.

Treinamentos, capacitações contínuas, integração sistemática entre as áreas de atuação são determinantes. A implantação do chamado business intelligence é, atualmente, fundamental para que todas as informações circulem de forma rápida, clara, sem erros e atuem como base para uma gestão eficaz, pois oferece detalhamento sobre tudo o que ocorre na empresa, dando muito mais segurança no acompanhamento dos rumos da organização.

A não inovação pode ser a rota de colisão das empresas de todos os segmentos e portes. Nada mais sobrevive no mundo atual, sem que seja atualizado, de acordo com as novas realidades. Os clientes estão a cada momento mais exigentes, criam sempre expectativas novas em relação aos produtos, ou serviços que querem adquirir, e as organizações que não seguirem este novo ritmo do mercado, vão sair dele muito mais rapidamente do que pensam. E isso não é um filme de terror, é uma realidade que já está sendo cumprida.

O caminho que faz as empresas chegarem até o sucesso está realmente no processo de planejamento estratégico, no planejamento de marketing, na boa gestão de todas as áreas, e numa atenção geral, direcionada para o mais perfeito atendimento possível das novas demandas por produtos e serviços inovadores, apresentando ao público-alvo algo que venha efetivamente facilitar a sua vida e atender detalhadamente aos seus desejos.

Hoje já é o dia de começar a identificar e procurar a correção dos grandes e pequenos erros que são cometidos na sua empresa. Veja essa questão com a maior rapidez e envolva a todos que possam efetivamente dar uma contribuição neste processo.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade