Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Hyperloop pode deixar Minas


postado em 27/04/2019 06:00 / atualizado em 28/04/2019 11:51

 

A americana Hyperloop Transportation Technologies, uma semente do visionário multiempreendedor Elon Musk, que lidera a montadora Tesla e a companhia aeroespacial SpaceX, anunciou em abril do ano passado a inauguração de um centro de inovação em logística, em Contagem. Desde então, era unanimidade a empresa ser citada quando o assunto era a tentativa do Estado em se tornar um polo tecnológico de ponta. Era de causar entusiasmo a conta de que os aeroportos de Confins e da Pampulha teriam uma conexão em três minutos apenas. Era. Muito se falou, pouco se fez. As atividades nunca foram iniciadas e há ameaças de deixar Minas Gerais.

A empresa usa uma tecnologia idealizada por Musk (que não vem a ser sócio) para um transporte de alta velocidade, movido com ajuda de magnetismo numa espécie de tubo despressurizado, para permitir o menor atrito possível com o ar. O primeiro teste do transporte futurista da Hyperloop em pistas reais está planejado para acontecer ainda este ano em Toulouse (França). Já a primeira linha comercial é planejada para ser construída em Abu Dhabi.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), os diálogos para a atração da Hyperloop iniciaram-se por esforços da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). A necessidade apresentada seria de apoio de R$ 13 milhões, valor que representaria metade do custo total de instalação do centro de pesquisa e desenvolvimento. “Entendeu-se como mais oportuno que o recurso fosse obtido junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), entidade de administração indireto do estado”, afirmou a Sedectes em nota.

A Fapemig, por sua vez, informou sobre a necessidade de que, assim como qualquer projeto apoiado pela fundação, fosse apresentado projeto e respectivo plano de trabalho. A análise dos consultores técnico-científicos e pela Procuradoria do Estado apontou a necessidade de ajustes. “A Hyperloop não apresentou contrapartida consistente para o projeto de investimento no estado”, explica a nota oficial. A então Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) também analisou a possibilidade de investimento, que foi reprovada pelo Conselho de Supervisão de Fundos (Aerotec e Codepar).

O governo de Minas informou que se preocupa com a permanência da Hyperloop em Contagem e está aberto para discutir alternativas. Destacou, porém, que o estado enfrenta uma crise econômica e fiscal, sendo necessário readequar o valor de investimento solicitado pela empresa.

 

 

Desburocratização da mineração

A startup MineXplore lança seu aplicativo, de mesmo nome, com o objetivo de auxiliar mineradoras a gerir seus processos de obtenção de autorizações junto ao governo federal para explorar bens minerais. O app envia alertas sobre ações e prazos a cumprir junto à agência nacional de mineração, também permite pesquisas, cálculos geográficos e monitoramento de processos, como os ligados a barragens e linhas de transmissão.

Evocamos
"dois pontos fundamentais neste momento de transformação do país: geração de valor, por meio de conexões, e a abertura a economias internacionais.”

.Coordenador regional da Câmara Americana de Comércio de Belo Horizonte (Amcham-BH), Matheus Vieira Campos, empossado nesta semana para o período 2019-2020.



Agenda

» O Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH.Tec) realiza o ‘Corporate venture builder – Modelo disruptivo para grandes corporações’, na sexta (3). Saiba mais em bit.ly/2L6GwdU.

» Com menos de 30 anos, o empresário Shirleyson Kaisser, do Grupo KPG, é um nome de destaque do empreendedorismo digital na América Latina. Ele promove o Arkad Experience, uma imersão que busca transformar negócios por meio do marketing digital, no sábado (4) e domingo (5), no Centro de Convenções Dayrell (BH). Acesse www.arkadexperience.com.

» O banco Santander, em parceria com a Endeavor, realiza o Radar Santander – um programa de aceleração de empreendedores que têm soluções para pequenas e médias empresas. Inscrições até domingo (5) pelo site santander.com.br/hotsite/radar/

» A HSM Educação Corporativa traz ao Brasil a segunda edição do SingularityU Brazil Summit, com tema “Brasil Elevado à sua potência”. Serão abordados os 8 desafios globais definidos pela Singularity University (SU), nas áreas de energia, saúde, comida, educação, meio ambiente, finanças, segurança pública e infraestrutura. O evento será em 11 e 12 de junho, em São Paulo.

Detalhes: https://www.hsm.com.br/singularityu-brazil-summit-2019/


Publicidade