Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Universidade de Coimbra completa 730 anos neste domingo

Instituição portuguesa, que está entre as mais antigas do mundo, recebe estudantes brasileiros desde o século 18


postado em 01/03/2020 04:00

Universidade de Coimbra, em Portugal, recebe estudantes brasileiros desde o século 18 (foto: Henrique Patrício/divulgação)
Universidade de Coimbra, em Portugal, recebe estudantes brasileiros desde o século 18 (foto: Henrique Patrício/divulgação)

Até o fim do mês, Universidade de Coimbra, em Portugal, estará comemorando seus 730 anos de fundação pelo monarca dom Diniz. Criada em 1º de março de 1290, é uma das universidades mais antigas do mundo. Desde o século 18, Coimbra atraiu estudantes brasileiros. Muitos mineiros ilustres foram estudar direito lá e até hoje tem advogado que faz curso de pós-graduação na universidade. Um dos últimos mineiros frequentadores de Coimbra foi o saudoso Ricardo Arnaldo Malheiros Fiúza.

OURO É OURO
MINAS É MINAS

A partir de 1750, já se falava na exaustão das reservas de ouro de Minas Gerais, o que provocaria medidas repressivas de Portugal, a Inconfidência Mineira e a fuga para a agricultura. No entanto, o solo mineiro é danado de levado, rico e dadivoso. Passados mais de 200 anos, o ouro continua a ser extraído no estado. Aliás, a multinacional canadense Kinross, que explora jazidas em Paracatu, bateu recorde de produção em 2019, tendo extraído 619,5 mil onças de ouro. Crescimento de cerca de 20%. Aliás, a Mina do Morro do Ouro, da Kinross, produz 25% do metal precioso extraído no Brasil.

ARQUIVO
REATIVAÇÃO DO CONSELHO

Medida que merece elogios foi tomada pela subsecretária de Estado de Cultura, Rute Assis, ao reativar o funcionamento do Conselho Estadual de Arquivos. A manutenção dos arquivos públicos e a atualização constante de acervos são fatores importantes para a perpetuação da história da vida pública mineira. Houve nomeação de novos membros do Conselho, fixação de calendário de reuniões e estabelecimento de um programa de ações positivas.

FIAT/PEUGEOT
FUSÃO FLUTUA

A fusão da Fiat-Chrysler com a Peugeot/Citroen, que provocaria a criação da quarta maior montadora do mundo, foi anunciada em 18 de dezembro de 2019. Tudo bem, mas nem tanto. Fazer a fusão de duas grandes corporações rivais no mercado não é nada fácil. O prazo para a efetivação do processo é de um ano e meio. Acordo “fifty-fifty”. Quase três meses depois do anúncio, parece que há algo no ar dando a entender que o processo está meio paradão. Aves agourentas já começaram a gorjear. Ainda tem muita água para passar debaixo dessa ponte.

TURISMO EM SUSPENSE
CRUZEIROS E JOGOS

Com a ameaça do coronavírus, novos projetos turísticos no Brasil parecem ter entrado em banho-maria. Na Embratur, há a intenção de abrir escritórios no exterior. Um em Buenos Aires, outro em Miami, o terceiro na China e o quarto em Portugal. Quanto aos cruzeiros marítimos, todos os itens para aumentar o número de navios na costa brasileira serão considerados.

***

Já em relação ao jogo, a porca torce o rabo. O presidente da Embratur, Gilson Machado, deu a entender que as “negociações” estão suspensas. Como a bancada evangélica, principal apoio do presidente Bolsonaro, é contra, não deve haver projeto de lei para legalizar cassinos. A iniciativa, como sempre, ficará por conta do Congresso.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ELEIÇÃO EM MARCHA

Pela primeira vez na história do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, um grupo recorde de desembargadores participará da eleição da diretoria da mais alta corte do estado, a se realizar em abril. O corpo eleitoral será formado por 150 desembargadores, total inédito. Desde a fusão com o Tribunal de Alçada, o colégio eleitoral somou, no máximo, 122 votantes. O aumento se deve à criação contínua de câmaras de julgamento. Até o momento, há três candidatos à presidência da corte, comandada atualmente por Nelson Missias: os desembargadores José Afrânio Vilela, Gilson Soares Lemes e André Leite Prata.

MÁRIO PALMÉRIO
ESCRITOR E EDUCADOR

A data de hoje marca o aniversário de 104 anos do escritor mineiro Mário Palmério, nascido em Monte Carmelo. Figura eclética, foi também político, grande empresário da área educacional, fundador da Universidade de Uberaba, embaixador do Brasil no Paraguai e deputado federal. Autor de duas obras famosas, Vila dos Confins e Chapadão do Bugre, elegeu-se para a Academia Brasileira de Letras em 1968, na sucessão de Guimarães Rosa. Amigo de João Goulart, afastou-se da vida pública em 1964. Faleceu em 1996, exercendo as funções de fazendeiro, escritor e professor. De vez em quando, aparecia em BH, mas nunca foi eleito para a Academia Mineira de Letras.

CBMM/JAPÃO
50 ANOS DE COOPERAÇÃO

Um dos itens da programação do cônsul-geral do Japão no Rio, Yoshitaka Hoshino, cumprida em BH durante o 9º Festival do Japão em Minas, que hoje se encerra, foi comemorar os 50 anos de colaboração técnica e comercial da indústria japonesa com a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), que atua em Araxá extraindo nióbio. O cônsul Hoshino entregou uma placa de prata ao diretor da CBMM, Adalberto Parreira, com texto alusivo à parceria cinquentenária. Houve comemoração também do acordo de cooperação entre a CBMM e a Toshiba, assinado em 2018. A empresa mineira fornece nióbio para as baterias elétricas da Toshiba. 

LATINHAS
HAJA ANTICORPOS

Do início do período pré-carnavalesco ao final da folia na terça-feira gorda, os brasileiros consumiram cerca de dois bilhões de latinhas de alumínio de cerveja e refrigerante. Informação dos fabricantes. É latinha que não acaba mais. Na quarta-feira de cinzas, divulgou-se, com ênfase, pesquisa do Centro Universitário MetroCamp, de Campinas, informando que foram encontrados milhares de micro-organismos em 29 das 31 amostras de latinhas. Em algumas delas, sapateavam 45 mil células de bactérias e perto 10 mil fungos. Como se vê, depois do carnaval, o brasileiro não morre porque é duro na queda. Vive graças aos anticorpos.

SOLANO LÓPEZ
GLORIFICAÇÃO DA MULHER

A data de hoje marca os 150 anos da morte do marechal Solano López, ditador do Paraguai, em Cerro Corá. Ocorrido em 1º de março de 1870, o fato provocou o fim de guerra do Brasil contra o Paraguai, o mais sangrento e demorado conflito registrado na América do Sul. A guerra exterminou 90% da população masculina do Paraguai, obrigando as mulheres a tomar a frente da vida no país por mais 30 anos seguidos, até que se pudesse normalizar relativamente a população. Hoje em dia, quando se fala tanto na valorização feminina, há poucos exemplos na história do mundial como o empenho das paraguaias. O país teria desabado sem elas.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade