Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Nesta segunda (24), BH assiste ao desfile de três de seus melhores blocos

Segundo a Belotur, serão 453 blocos arrastando os foliões neste carnaval. Hoje é dia de Baianas Ozadas, Havayanas Usadas e Corte Devassa


postado em 24/02/2020 04:00

O Baianas Ozadas, no ano passado, tomou a Avenida Afonso Pena com seu desfile (foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press)
O Baianas Ozadas, no ano passado, tomou a Avenida Afonso Pena com seu desfile (foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press)
Blocos na rua
Viva a folia!
BH neste carnaval, segundo o informe oficial da Belotur, tem 453 blocos, que estão mandando brasa com toda a intensidade em seus desfiles. Relacionar os melhores, no meio de tantos, pode ferir suscetibilidades. Hoje, por exemplo, desfilam três blocos que estão entre os bem-conceituados: o Baianas Ozadas, que se apresenta na Afonso Pena, o Havayanas Usadas, e a Corte Devassa. Amanhã, outros três fecham o carnaval de BH (oficial): Bartucada, na Avenida Brasil, Funk You, na Afonso Pena, e Monobloco, no Mineirão. Fora centenas de outros, é claro.

Gestor de integridade
Combate à corrupção
A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou, em caráter terminativo, projeto de lei apresentado pelo senador Antonio Anastasia que cria a figura do “gestor de sistema de integridade”,  funcionário destinado a atuar nas interações entre empresas privadas e autoridades e empresas públicas,  visando ao cumprimento das leis e de procedimentos internos de integridade, para pronta denúncia de irregularidades e atos de corrupção. O gestor será um profissional que vai gerir, de forma autônoma, normas de auditoria, atuando de forma constante, mantendo uma permanente fiscalização baseada no sistema de compliance. O projeto ainda precisa de aprovação do plenário do Senado para entrar em vigor. Tudo pelo combate à corrupção.

Alphonsus de Guimaraens
150 anos do poeta
Este ano, serão comemorados nas rodas literárias de Minas Gerais e de outras praças os 150 anos de nascimento do poeta Alphonsus de Guimaraens, mineiro de Ouro Preto, considerado um dos maiores poetas simbolistas brasileiros, ao lado de Cruz e Souza e Augusto dos Anjos. Seu neto Afonso Henriques Guimaraens, membro da Academia Mineira de Letras, que reside no Rio, está ultimando os preparativos de lançamento de uma edição literária contendo a obra completa do poeta. O evento será realizado nacionalmente aqui mesmo, em BH, na sede da Academia.

Milícias
Ativas em 23 estados
Afirmação do ex-ministro da Defesa, da Segurança Pública e da Reforma Agrária Raul Jungmann, feita no fim de semana à imprensa paulista, alarmou muita gente boa no país: “As milícias criminosas não são privilégio do Rio, mas são encontradas em 23 dos 27 estados da Federação. E todas, sem exceção, são formadas e/ou comandadas por policiais da reserva ou da ativa. Isto é, o poder público treina e forma agentes públicos de segurança que, mais adiante, se desviam para o crime, onde exercem as competências adquiridas com o dinheiro do cidadão contribuinte”.
 
Achados e perdidos
Correios colaboram
A direção dos Correios está divulgando que agências da empresa em BH receberão documentos perdidos que forem levados até as suas unidades e que estarão à disposição dos interessados. No carnaval,  habitualmente, aumenta o número de documentos perdidos pelos foliões, por razões óbvias, só que não se sabe se as agências estarão abertas no período. A esse respeito, seria bom lembrar que a Associação dos Motoristas de Táxi de Belo Horizonte também deve ter um serviço de achados e perdidos. O número de documentos e de objetos esquecidos no interior de táxis é enorme. Se não tem, deveria criar um serviço dessa natureza imediatamente. E divulgar entre seus associados que guardar documentos e objetos deixados por passageiros nos táxis é não só um ato de honestidade, como de colaboração humana.

Dólar em alta
Vai durar
Tudo indica que o valor do dólar perante o real vai continuar em alta até o fim do ano, caso não haja mudanças na economia, tanto nacional como mundial, e boas notícias a respeito do coronavírus. No fim de semana, houve novo recorde, com o dólar comercial chegando (e ultrapassando) o valor de R$ 4, e o dólar turismo cotado a R$ 4,60. Além de a economia norte-americana estar melhorando, a economia brasileira está quase paralisada. A China, com o coronavírus, vai mal das pernas, e o Japão também. Na bolsa, falou-se até que o ministro Paulo Guedes poderia cair do galho. Quanto às viagens ao exterior do brasileiro, não será novidade se a queda for acentuada. Com o dólar perto dos R$ 5, é dureza. Só milionário.

Calendário Gregoriano
Niver de 438 anos
Completam-se hoje 438 anos do estabelecimento pelo papa Gregório XIII, em 24 de fevereiro de 1582,  de um novo calendário mundial destinado a corrigir os erros do então vigente calendário juliano, estabelecido pelo imperador romano Julio César. Como na época o papa era a maior autoridade política e religiosa da Europa, o calendário, chamado depois de calendário gregoriano, passou a vigorar na maioria dos países europeus e, em seguida, passou a ser adotado em todo o mundo. Existem vários calendários, como os da China, dos judeus, do Islã, o etíope, o russo/ortodoxo, mas o que vale mesmo é o gregoriano. E estamos conversados...

Carnaval
Onde estão os bailes

Os grandes e elegantes bailes de carnaval realizados nos clubes de BH foram mesmo para as cucuias. Acabaram de vez. Fruto da popularização do evento. Hoje, os clubes fecham os seus salões e abrem as suas praças de esportes para festas carnavalescas descontraídas. É o que acontece no Minas Tênis Clube, no PIC, no Iate e em outros do gênero. Divertimento lascado só mesmo no carnaval de rua. Ou nos desfiles das escolas de samba.

Campanha da Fraternidade
Arquidiocese de BH
Na quarta-feira de cinzas (26), como é de praxe desde 1962, a Arquidiocese de Belo Horizonte dará início à sua tradicional Campanha da Fraternidade 2020, que será proclamada durante celebração a se realizar às 19h30 na Catedral Cristo Rei, pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo. A campanha tem como objetivo estimular entre os cristãos os atos de fraternidade, compaixão e solidariedade humana .O lançamento da campanha também será feito nas 300 paróquias de Belo Horizonte.

Imperialismo
Anexações dos Estados Unidos
Veja como são as coisas. Em 24 de fevereiro de 1917, em pleno desenrolar da Primeira Guerra Mundial, quando a Alemanha ainda ameaçava ganhar o conflito, o serviço secreto dos Estados Unidos descobre o andamento da chamada Operação Zimmerman, uma manobra do governo alemão junto ao governo do México que prometia devolver aos mexicanos, depois da vitória na guerra, os territórios do México que os Estados Unidos tinham “roubado” do país. Os territórios conquistados por meio de guerras regionais contra os mexicanos são hoje os estados do Texas, da Califórnia, do Arizona e do Novo México, que estão entre os maiores dos Estados Unidos. O governo do México toparia a proposta, mas a Alemanha acabou perdendo a guerra. E aí deu no que deu.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade